18042 0

Nvidia sofre ataque em larga escala

Após ter encerrado os fóruns na semana passada devido a um “problema no sistema” a Nvidia, de acordo com o site Theverge.com, admitiu finalmente que o problema se deveu a um ataque em larga escala, feito por um hacker desconhecido. A Nvidia afirmou que a investigação interna concluiu que o hacker obteve acesso às informações dos utilizadores, incluindo nomes de utilizadores, endereços de e-mails, passwords (embora codificadas), entre outras informações.

A Nvidia, ao contrário de outras empresas, codificou todas as palavras passes com uma chave de encriptação tornando-as extremamente seguras. De qualquer modo, a empresa recomenda que os utilizadores alterem a palavra passe.

A Nvidia afirmou que três sites foram afectados,nomeadamente o Forum que tem cerca de 290,000 utilizadores registados, a Zona de Desenvolvimento com cerca de 100,000 e o Centro de Pesquisa e Investigação com cerca de 1200.


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Notícias Relacionadas

Carlos Gonçalves nomeado para conselho de administração da GWA

O Avila Business Centers, empresa de aluguer de espaços de trabalho físicos chave-na-mão, coworking e escritórios virtuais, acaba de anunciar que Carlos Gonçalves, CEO desta empresa 100 por

BP e ISEL unem-se para testar solução de combate à fuga sem pagamento de combustível

A BP Portugal pretende reforçar a segurança no abastecimento na sua rede de postos através de uma solução de combate à fuga sem pagamento, que está a ser

NEC e Dacom colaboram em solução agrícola de precisão para maximizar produção e reduzir custos

A NEC Corporation e a Dacom, anunciaram os resultados do ensaio de uma «solução agrícola de precisão» na Roménia, que utiliza sensores ambientais e software analítico «big data»

Cisco e INTERPOL colaboram no combate ao cibercrime

 A Cisco e a INTERPOL, assinaram um acordo para partilhar inteligência sobre ameaças, numa primeira etapa conjunta face ao combate do cibercrime. Conduzido pelo centro global de cibercrime

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *