59849 0

Novo Kaspersky Threat Hunting aumenta proteção contra ameaças avançadas

A Kaspersky Lab disponibiliza agora o Kaspersky Threat Hunting, um conjunto de serviços especializado que oferece às grandes empresas acesso 24/7 aos conhecimentos e experiência da equipa de deteção de ameaças da Kaspersky Lab. Para aquelas empresas que ainda não estão preparadas para contratar especialistas em computação forense, este conjunto de serviços é uma oportunidade de realizar investigações proactivas e analisar atividades suspeitas em outsource, enquanto as empresas que já têm equipas de SOC obtêm recursos, experiência e conhecimentos adicionais para a deteção de ataques complexos. Até à data, os especialistas da Kaspersky Lab detetaram mais de 100 APTs (advanced persistent threats) e operações. Em 2016, os especialistas da Kaspersky Lab prepararam mais de 200 relatórios sobre ameaças complexas que estão disponíveis para clientes corporativos através de uma subscrição.

O Kaspersky Managed Protection é um serviço de deteção proactiva de ameaças complexas na infraestrutura de uma empresa. O serviço é uma oferta com base nas soluções Kaspersky Endpoint Security for Business e Kaspersky Anti Targeted Attack Platform já instaladas. Após uma análise inicial da metadata recolhida dentro da rede corporativa, os especialistas da Kaspersky Lab analisam cuidadosamente quaisquer anomalias: examinam os registos de acontecimentos no sistema operativo e estudam qualquer comportamento suspeito detetado pelas ferramentas de segurança. A análise multinível da metadata ajuda a equipa de investigadores a procurar incidentes, mesmo que os hackers removam os seus vestígios através de ferramentas especializadas que dificultem a computação forense.

Um facto importante para as empresas que lidam com regulações de processamento de dados rigorosas é que as nossas equipas especializadas, a infraestrutura do Kaspersky Managed Protection e os centros de dados da Kaspersky Lab estão localizados na Rússia e na Europa, e, por isso, prontos para fornecer apoio em qualquer país.

O Targeted Attack Discovery é um serviço de análise único que visa detetar vestígios de ataques direcionados à infraestrutura do cliente durante ou após o ataque. Especialistas da Kaspersky Lab estudam a correlação entre os dados recolhidos na rede corporativa e os dados disponíveis nas ameaças direcionadas em bases de dados públicas e privadas. Recolher e analisar a informação obtida torna possível a deteção de atividades suspeitas, bem como a descoberta de potenciais fontes de incidentes e dispositivos comprometidos. O serviço oferece também um plano de ação para a recuperação de um incidente, bem como recomendações para segurança da informação da empresa. O Targeted Attack Discovery pode ser ativado por qualquer empresa, independentemente da plataforma de software utilizada.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

A rápida inovação em técnicas de ataque e defesa marca a batalha da cibersegurança

Com o objetivo de enfrentar ciberameaças cada vez mais sofisticadas e persistentes, é imprescindível que as organizações reduzam o tempo que demoram a detetar e mitigar estes mesmos

BitDefender lança versão beta do novo sistema de controlo parental

O Parental Control Standalone, abriu para testes público hoje (11 de Junho), permite aos pais proteger as suas crianças dos perigos online com o simples acesso através dos

NEC reforça área de negócio de cibersegurança com o lançamento de uma fábrica de cibersegurança em Singapura

A NEC anunciou o lançamento oficial de uma fábrica de serviços e soluções de Cibersegurança em Singapura, como a mais recente adição ao seu portfólio global de centros

Nvidia sofre ataque em larga escala

Após ter encerrado os fóruns na semana passada devido a um “problema no sistema” a Nvidia, de acordo com o site Theverge.com, admitiu finalmente que o problema se

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *