21825 0

Novidades NEC no Mobile World Congress 2015

A NEC Corporation irá dar a conhecer no Mobile World Congress 2015, no stand #3N10 do Hall 3, o seu portefólio de soluções concebido para ajudar os operadores de telecomunicações a utilizarem a sua rede como um ativo estratégico, poupando dinheiro e gerando mais receita, ao mesmo tempo que entregam de forma continuada uma melhor experiência de utilização aos clientes de diversos setores: doméstico, empresarial e governamental.

Entre os temas abordados, destaque para:

De que forma as cidades inteligentes podem aumentar eficiências com a virtualização

As smart cities do futuro conseguirão suportar um conjunto mais diversificado de serviços inteligentes para as áreas da cultura, comunidade, transportes, ambiente, saúde e educação, com a ajuda de uma infraestrutura de rede aberta, de configuração mais flexível e dinâmica. A NEC irá partilhar as suas experiências de sucesso no suporte e no fornecimento das plataformas essenciais à recolha, partilha e análise dos dados provenientes dos ecossistemas M2M, no âmbito dos programas criados para as smart cities. Estas são soluções complementares à estratégia de criação, à escala urbana, de plataformas de Software-Defined Networking (SDN) e de Network Functions Virtualization (NFV), com base na experiência e nos casos de sucesso da NEC em projetos do setor público, um pouco por todo o mundo.

Serviços inovadores para o mercado residencial suportados em gateways virtualizados

A NEC criou uma plataforma de inovação ao nível dos serviços, com a virtualização do equipamento de gateway residencial. Esta virtualização permite desde logo obter uma redução significativa nas visitas de pessoal técnico às residências, para suporte e reparação de avarias. Neste evento, será também abordada a forma como as soluções virtualizadas de Customer Premises Equipment (vCPE), em contextos SDN e NFV, podem dar resposta a novos serviços de media center, que permitam a procura e partilha de conteúdos pessoais, dentro e fora de casa.

A necessidade de maior controlo e valor acrescentado por parte dos MVNOs

Os MVNOs têm crescido e começam a revelar um elevado potencial. São essenciais para ajudar os operadores a explorar e a servir determinados segmentos do mercado de uma forma rentável, com maiores margens e menores custos. Neste evento, a NEC irá mostrar como os operadores podem hospedar vários MVNOs sobre uma infraestrutura virtualizada comum, para poderem alcançar novos nichos de mercado, como a telemática para automóveis, serviços de streaming de música ou vídeo, redes financiadas por publicidade, tecnologia M2M para a agricultura e indústria, entre outros exemplos. Os MVNOs podem, eles próprios, investir num gateway MVNO virtualizado (vMVNO), com exigências mais reduzidas em termos de despesas de capital e operacionais. Esta é uma forma de reduzir as barreiras à entrada em novos mercados, e de promover a criação de ofertas flexíveis, evitando investimentos bastante mais onerosos em hardware proprietário.

Cobertura melhorada através da densificação da rede

A NEC irá ainda demonstrar de que forma os seus serviços “New Last Mile” – que combinam redes heterogéneas de diferentes fabricantes (macro e small cells) em HetNets com funcionalidades de Self-Organization Network e ligações de backhaul em fibra ou sem fios – podem permitir aos operadores o aumento da capacidade da rede em áreas urbanas mais movimentadas, para responder às exigências de tráfego móvel, ou assegurar o cumprimento das obrigações de cobertura nas zonas rurais.

Empresas inteligentes com verdadeiras comunicações convergentes móvel/fixo

A NEC está a capacitar os operadores com small cells que atuam na rede de acesso como plataformas de prestação de serviços empresariais verdadeiramente convergentes, num ambiente NFV e SDN. Por exemplo, o servidor incorporado na small cell do operador pode ser combinado com uma solução de comunicações unificadas ou mesmo de PBX existente dentro da infraestrutura da empresa (ou em regime de contratação externa), para permitir a integração de funcionalidades de telefone fixo nos smartphones dos colaboradores. Estão disponíveis funcionalidades avançadas, como o encaminhamento de chamadas para um colaborador que esteja disponível, a transferência gratuita de chamadas internas e o encaminhamento de menor custo para chamadas internacionais.

Crescimento do negócio com as PMEs através de Marketplaces de ofertas verticais de software baseados na cloud

Irá ser mostrado de que forma os operadores podem ser bem-sucedidos com a disponibilização de marketplaces com ofertas verticais de serviços e de software para as pequenas e medias empresas, baseados na cloud. A NEC consegue reduzir significativamente, para apenas algumas semanas, o tempo necessário para um operador de telecomunicações lançar uma loja de aplicações na cloud, mantendo o CAPEX muito baixo através do seu serviço de corretagem na nuvem e serviços de consultoria de vendas.

A NEC apresentará ainda:

Orquestração SDN/NFV no stand da NetCracker (Hall 2, Stand 2J30)

Para completar o portfólio de soluções SDN e NFV da NEC, a NetCracker Technology, subsidiária da NEC, irá também explicar como poderá ser feita a otimização e implementação de novas soluções de gestão e orquestração para ambientes virtualizados, a par das suas reconhecidas soluções OSS/BSS, um passo crítico para que os projetos SDN e NFV passem do laboratório para as redes de produção.

Visão 2020

Subjacente a todos estes tópicos estará o roadmap da Visão 2020 da NEC, que sublinha todos os marcos tecnológicos importantes na caminhada até ao universo do 5G.

Entre outras demonstrações da NEC que estarão disponiveis, destacam-se uma solução de gestão de tráfego (que permite aos operadores o fornecimento de uma gama de serviços de streaming de vídeo e de música, e um melhoramento da Qualidade de Serviço e da Qualidade da Experiência de utilização), um sistema de armazenamento de energia para estações base, sistemas de cabos submarinos e soluções de análise de big data.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

PrimeIT abre escritorio em Madrid e no Porto

A PrimeIT acaba de anunciar a abertura de um escritório em Madrid. A PrimeIT Madrid deverá estar a funcionar em pleno até final do ano, sendo que decorre,

Information Builders líder também na área de ‘Business Intelligence Ágil’

A Information Builders anunciou que a Forrester Research a reconheceu como Líder no seu último relatório sobre ‘Plataformas Ágeis de Business Intelligence’, correspondente ao terceiro trimestre de 2014.

GMV conclui com sucesso projeto para a gestão da água

A GMV apresentou na Comissão Europeia, os resultados do projeto MyWater – Merging Hydrologic Models and EO Data for Reliable Information on Water. Atualmente existem 2.5 biliões de

Sage reforça estratégia Digital Global com novo site mais apelativo, intuito e fácil de navegar

A  Sage  acaba  de  lançar  um  novo  site  com  uma  imagem renovada e novas funcionalidades. Este é um dos passos para a estratégia de uniformização da identidade da

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *