26772 0

NEC recebe prémio da ITU-AJ pelas suas realizações na construção de cabos submarinos de telecomunicações

A NEC anunciou que a sua equipa internacional de Cabos Submarinos foi distinguida com um Prémio de Desempenho por parte da União Internacional de Telecomunicações – Associação do Japão (ITU-AJ) pelo seu papel de liderança na construção de cabos de telecomunicações submarinos para ligar continentes e comunidades.

A ITU-AJ apresentou recentemente o prémio no seu 49º Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade da Informação como forma de reconhecimento do “contributo da NEC para a construção de uma infraestrutura social indispensável”. A ITU-AJ destacou ainda o facto de quase cem por cento das redes internacionais de telecomunicações abrangerem e operarem atualmente sobre cabos submarinos óticos.

“Quando a NEC deu os seus primeiros passos nesta indústria em 1968, eram poucas as pessoas no mundo inteiro que poderiam esperar fazer ou receber uma chamada telefónica transoceânica”, referiu Makoto Saitoh, Gestor Executivo de Projetos da Divisão de Redes Submarinas da NEC, que recebeu o prémio em nome da equipa. “Agora, uma grande parte da população mundial pode comunicar de forma fácil e acessível através de uma miríade de serviços de vídeo, voz e dados. Este prémio da ITU-AJ reconhece o sucesso da NEC enquanto pioneira na construção de cabos submarinos e o seu contributo para esse progresso – hoje, um terço dos sistemas mundiais de cabos de telecomunicações têm o nome da NEC. É uma grande honra receber este prestigiado prémio da ITU-AJ”.

A NEC está envolvida no negócio de sistemas de cabos submarinos há mais de 40 anos e é atualmente reconhecida como um dos principais fornecedores mundiais de cabos submarinos. A NEC é responsável pela construção de mais de 250 mil quilómetros de cabo – o equivalente a mais de seis viagens ao redor da Terra – incluindo a recente construção do cabo SEA-US (Sudeste Asiático – Estados Unidos), o primeiro cabo transpacífico de 100 Gbps.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

“Innspire” desafia participantes a pensar sobre “O Impacto das Novas Tecnologias no Mercado Financeiro”

A InnoWave realiza, no próximo dia 28 de setembro, nas instalações da Microsoft em Lisboa, a terceira edição do “Innspire”. Com o objetivo de fazer chegar a tecnologia

Sonae IM investe em empresa Alemã especialista em segurança na cloud

A Sonae IM acaba de subscrever na totalidade a ronda de financiamento da Secucloud, uma empresa que fornece soluções de cibersegurança para operadores de telecomunicações. A Sonae IM

Parcerias internacionais Portugal-EUA querem avançar para terceira fase a partir de 2017

Os programas CMU Portugal, MIT Portugal e UT Austin Portugal, financiados pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), juntaram-se numa Conferência que reuniu em Portugal, pela

QNAP Nomeada CVE Numbering Authority (CNA), Dedicada à Proteção Otimizada de Dados

A QNAP anunciou hoje que a empresa foi designada como uma Common Vulnerability and Exposure (CVE) Numbering Authority pela MITRE Corporation, um instituto internacional de segurança sem fins

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *