NEC introduz melhorias na sua Solução de Gestão de Tráfego para maximização do retorno dos prestadores de serviços de comunicações

8008
0
Share:

A NEC anuncia o lançamento de uma expansão da sua Solução de Gestão de Tráfego (Traffic Management Solution – TMS), que melhora a Qualidade de Experiência dos utilizadores finais (Quality of Experience – QoE), aumenta a utilização da internet móvel e ajuda a maximizar o retorno de investimento (ROI) dos prestadores de serviços de comunicações ( Communication Service Providers – CSP).

Esta nova solução quantifica e analisa o desempenho da rede usando três indicadores – cobertura de rede, capacidade de débito e QoE – e, de acordo com esses indicadores, aplica mecanismos de otimização para melhorar a qualidade dos serviços de dados móveis. O desempenho de rede tem sido medido de forma convencional, com base apenas na cobertura e no débito da rede. No entanto, a NEC desenvolveu uma avaliação mais abrangente do desempenho da rede, adicionando a QoE como seu indicador e fornecendo meios para quantificar e visualizar a QoE. Assim, o desempenho de rede pode ser melhorado aplicando funções de otimização de tráfego baseadas em novas análises mais aprofundadas.

A NEC está ainda a apresentar uma solução de controlo de fluxo de tráfego SSL, para processar mais rapidamente o tráfego encriptado (tráfego SSL) em serviços de internet móvel.

Resumo das Novas Soluções

  • Visualização do desempenho da rede para melhorar a QoE

O desempenho da rede é convencionalmente medido por dois indicadores: a cobertura de rede e a capacidade de débito. No entanto, esta forma de medição baseada em apenas dois indicadores não é suficiente para avaliar corretamente a fluidez do acesso aos serviços. A QoE mede esta fluidez baseando-se na qualidade de serviço que os utilizadores experienciam, tal como o tempo necessário para carregar as páginas web e o número / duração de paragens durante a reprodução de um vídeo. Uma vez que os utilizadores finais são sensíveis à QoE, os CSPs têm de prestar muita atenção à forma como a podem melhorar, já que ela pode representar uma verdadeira vantagem competitiva. Para introduzir a QoE como um indicador do desempenho da rede, a NEC implementou a medição, quantificação e visualização da QoE com base no mean opinion score (MOS*).

A utilização de três indicadores permite uma visualização e uma análise mais abrangentes do desempenho da rede. Os resultados das análises são depois usados para determinar quais as funções de otimização apropriadas a aplicar, tais como o ajuste do TCP e do controlo de tráfego, para melhorar o desempenho de rede de forma mais eficiente.

  • Controlo do tráfego SSL para otimização de conteúdo de vídeo com encriptação

Á medida que os utilizadores finais vão estando cada vez mais preocupados com a segurança da informação, um número crescente de sites está a adotar encriptação SSL no tráfego que gera. Uma vez que os dados necessários para a otimização não podem ser obtidos a partir de tráfego encriptado, os sistemas de gestão de tráfego não conseguem otimizar esse tráfego, o que resulta num menor desempenho em termos de otimização.

Para ultrapassar esta lacuna, a NEC desenvolveu um algoritmo único para estimar com precisão o conteúdo do tráfego SSL e implementou funções que automaticamente aplicam o controlo de tráfego apropriado baseando-se nas estimativas de conteúdo. Este algoritmo ajuda os CSPs a otimizarem a largura de banda da rede quando ocupada por alguns utilizadores mais exigentes, que consomem conteúdos de vídeo, e ajuda a garantir a equidade na utilização da rede, resultando numa QoE melhorada para todos os utilizadores da rede.

Os testes de campo feitos pelos CSPs à TMS da NEC, revelaram melhorias na utilização da internet móvel, graças a melhores QoEs. Os CSPs podem desta forma aumentar as receitas provenientes do tráfego de dados. A NEC quer contribuir para a expansão dos negócios dos CSPs, através da melhoria contínua da sua solução TMS, adicionando-lhe novas e inovadoras funcionalidades.

O Sr. Masaaki Nakano, general manager da Telecom Carrier Business Unit da NEC Corporation, explicou: “A TMS melhora a QoE dos utilizadores e aumenta a sua utilização da internet móvel. Como resultado disso, os CSPs podem aumentar as suas receitas através de melhorias no ARPU de utilização de dados. As melhorias na QoE contribuem também para as receitas dos CSPs, pela redução da taxa de saída de clientes para outros CSPs. Além disso, a TMS reduz o CAPEX gasto pelos CSPs na ampliação da sua infraestrutura de rede, através do aumento de eficiência na sua utilização. Através desta combinação de aumento de receitas e de redução de custos, a TMS da NEC contribui para a maximização do ROI dos CSPs”.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário