NEC é cofundadora de novo grupo industrial para melhorar a interoperabilidade das soluções para cidades inteligentes

16544
0
Share:

A NEC anunciou que a NEC Laboratories Europe é um dos cinco membros do European Telecommunications Standards Institute (ETSI) que iniciou um novo Grupo ETSI de Especificação industrial sobre Gestão de Informação de Contexto (ISG CIM), em conjunto com a organização Open & Agile Smart Cities (OASC).

O ISG CIM especificará padrões abertos para a camada de gestão de informações de contexto, que será executada sobre plataformas IoT, permitindo a implementação de aplicações inteligentes com capacidade de responder de acordo com as variações de contexto. Esta camada de gestão de informações de contexto acede e atualiza informações provenientes de diferentes fontes (redes IoT e sistemas de informação), que compreendem a semântica da informação, incluindo a fonte dos dados, o seu tempo de validade, a sua propriedade e muitos mais. Isto aumentará drasticamente a interoperabilidade das aplicações, ajudando as cidades inteligentes a integrar os serviços existentes e permitindo a implementação de novos serviços de terceiros.

As cidades têm vindo a trabalhar para utilizar serviços digitais para promover a qualidade de vida dos seus habitantes, a eficiência das suas operações, o crescimento das suas economias e o aumento da sua sustentabilidade. Atualmente, os sistemas de telecomunicações, as bases de dados de infraestruturas urbanas, os sistemas de gestão de tráfego automóvel e as novas soluções de Internet das Coisas (IoT), todas têm as suas próprias especificações, e as cidades inteligente são por isso travadas pela falta de interoperabilidade na troca de informação entre estas diferentes plataformas – questões que o novo ISG CIM pretende superar.

O foco do grupo será a colaboração com outras atividades de estandardização em áreas afins, incluindo o ETSI TC SmartM2M e o ETSI PP oneM2M. Grupos como o EIP-SCC, W3C ou ITU-T, e plataformas de software open source IoT como FIWARE e OM2M, serão seguidas de perto. O objetivo é interoperar e reutilizar o trabalho existente tanto quanto possível. O trabalho do ISG CIM visa alinhar-se com as políticas de normalização da UE para o mercado único digital.

Os cinco membros ETSI do novo ISG CIM são a Easy Global Market, a imec, a NEC, a Orange e a Telefonica. Para além do foco inicial nas cidades inteligentes, a abordagem será transmissível a outras aplicações, como por exemplo, a agricultura e a indústria inteligentes.

Organizações de todas as áreas serão bem-vindas à iniciativa ISG CIM: membros ETSI e não-ETSI, incluindo organizações de pesquisa, empresas de desenvolvimento de software e integradores de sistemas, PMEs, parceiros industriais, grupos de cidades e outras partes interessadas.

Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário