Monitores AOC e Philips com crescimento positivo no mercado europeu

10120
0
Share:

Apesar do contexto económico desafiante em alguns mercados do Leste da Europa e um mercado, em geral, difícil para o negócio das TI, a AOC e a MMD, parceira de licenciamento de marca para os monitores da Philips, registaram um desempenho positivo nesta região. A AOC e a MMD são subsidiárias da TPV, fornecedora líder mundial de monitores

Com mais de 17% de quota de mercado, a AOC e os monitores Philips asseguram a posição número 1 na região do Leste da Europa. Num ambiente de mercado que ainda apresenta desafios, as duas marcas aumentaram, em conjunto, a sua quota de mercado em quase 20% no segundo trimestre de 2015 comparativamente com o primeiro trimestre deste ano.

“O setor das TI teve um início de 2015 difícil. A taxa de câmbio do dólar e as incertezas económicas geraram um mercado frágil para todos os players. Embora tenhamos enfrentado a tomada de algumas medidas em ambas as marcas, AOC e monitores Philips, mantivemos a nossa estratégia de enfoque em inovações como o nosso monitor 4K de 40 polegadas e nas necessidades dos nossos clientes”, afirma Thomas Schade, Vice-Presidente da AOC e MMD para a EMEA, e os resultados são atestados pelos mais recentes resultados da analista de mercado Context. “O facto de estarmos num percurso de crescimento e com um desempenho acima do mercado em geral prova que a nossa estratégia compensa”, acrescenta Thomas Schade.

Apesar do contexto económico desafiante em alguns mercados do Leste da Europa e um mercado, em geral, difícil para o negócio das TI, a AOC e a MMD, parceira de licenciamento de marca para os monitores da Philips, registaram um desempenho positivo nesta região. A AOC e a MMD são subsidiárias da TPV, fornecedora líder mundial de monitores

Com mais de 17% de quota de mercado, a AOC e os monitores Philips asseguram a posição número 1 na região do Leste da Europa. Num ambiente de mercado que ainda apresenta desafios, as duas marcas aumentaram, em conjunto, a sua quota de mercado em quase 20% no segundo trimestre de 2015 comparativamente com o primeiro trimestre deste ano.

“O setor das TI teve um início de 2015 difícil. A taxa de câmbio do dólar e as incertezas económicas geraram um mercado frágil para todos os players. Embora tenhamos enfrentado a tomada de algumas medidas em ambas as marcas, AOC e monitores Philips, mantivemos a nossa estratégia de enfoque em inovações como o nosso monitor 4K de 40 polegadas e nas necessidades dos nossos clientes”, afirma Thomas Schade, Vice-Presidente da AOC e MMD para a EMEA, e os resultados são atestados pelos mais recentes resultados da analista de mercado Context. “O facto de estarmos num percurso de crescimento e com um desempenho acima do mercado em geral prova que a nossa estratégia compensa”, acrescenta Thomas Schade.

 


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário