Millennium Angola pioneiro em atestado de qualidade

9768
0
Share:

Após uma auditoria externa de qualidade, o sistema de pagamentos electrónicos nacionais e internacionais do site internet do Banco Millennium Angola recebeu novamente o Atestado de Qualidade de Software com base na Norma ISO/IEC 25010 atribuído pelo instituto tecnológico ISQapave e SQS Portugal.

O Millennium Angola é líder de mercado em serviços corporativos de pagamentos electrónicos para grandes empresas que operam em território angolano e é pioneiro neste tipo de auditoria. Este atestado vem garantir a qualidade da solução junto dos seus clientes finais.

A auditoria de qualidade de software reconheceu a adequação funcional deste sistema nos pagamentos e transferências nacionais e internacionais das empresas utilizadoras, comprovando o seu bom desempenho e constatando um elevado grau de segurança tendo em conta que a aplicação assegura a protecção da informação, quer ao nível da confidencialidade, quer da integridade.

Foi utilizada como referência principal a norma ISO/IEC 25000 tendo sido avaliada a conformidade aplicacional, que utiliza essencialmente testes funcionais e operacionais, de segurança, de carga e de desempenho, características estas que vão ao encontro dos objectivos delineados pelo Banco Millennium Angola, que continua a apostar na modernização das operações bancárias que podem ser realizadas através do seu site internet.

A evidência de compatibilidade, fiabilidade, eficiência de desempenho e a disponibilidade desta aplicação foram alguns dos aspectos que contribuíram para esta distinção, assim como o elevado grau de segurança disponibilizado pelo site do Banco Millennium Angola, garantindo não só a protecção como também a confidencialidade e a integridade da informação.
A auditoria externa de qualidade de software realizada em 2013 foi agora renovada e reconheceu a adequação funcional do sistema nos pagamentos e transferências nacionais e internacionais.

A Auditoria

A SQS, líder mundial de qualidade de Software, fornece serviços de Auditoria de Qualidade de Software para aplicações bancárias críticas. O processo de auditoria externa compreende a especificação e execução de testes que visam avaliar de forma independente a qualidade de software da aplicação auditada.

Neste contexto, o Millennium foi alvo de uma auditoria técnica independente e viu a sua aplicação avaliada e validada tecnicamente por uma entidade autónoma e reconhecida no mercado internacional de auditoria, a SQS.

O processo de auditoria independente é baseado nas normas ISO 25000. Através de um processo hands-on, onde o auditor externo procura evidências concretas de qualidade.

A fiabilidade e disponibilidade da aplicação foram dois dos aspectos avaliados, assim como o grau de segurança disponibilizado pelo site do Banco Millennium Angola. A auditoria realizada pela SQS recolheu evidências de compatibilidade e de eficiência de desempenho, apurando ainda uma interoperabilidade eficaz nas transferências internacionais com os restantes sistemas internos do Banco.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário