Microsoft quer aumentar produtividade e eficiência das Autarquias

11616
0
Share:

A Microsoft Portugal deu hoje a conhecer a plataforma Link Cities, um projeto que liga as cidades e autarquias locais, através das suas organizações, profissionais do setor e entidades profissionais a uma rede de conhecimento que pretende promover o trabalho colaborativo e a interação, em tempo real, entre estas entidades e o cidadão em geral.

Trata-se de um projeto ambicioso e inovador que visa fomentar a colaboração, interação e partilha de conhecimento, tornando as cidades e as organizações que as compõem mais eficientes e sustentáveis.

À plataforma poderão aderir Câmaras Municipais, Juntas de Freguesia, Empresas, Associações, Delegações e outros organismos locais com competência territorial e gestão local, Profissionais do setor, com vínculo profissional às organizações locais, Entidades Públicas e demais Parceiros com competência ou relevância na gestão local, e ainda o cidadão em geral.

Através da plataforma Link Cities é possível organizar, relacionar, comentar e partilhar conteúdos temáticos e informação útil para a gestão das cidades, desde conteúdos mais técnicos – legislação atualizada, jurisprudência, minutas, entre outros – a conteúdos mais lúdicos, produzidos por todos os membros da comunidade. Na plataforma é, ainda, possível partilhar exemplos de boas práticas na gestão das cidades e casos de sucesso. Os conteúdos são, por isso, diversos, podem ser apresentados em diferentes formatos – PDF’s, vídeos, Fotos, Links – e pretendem aproximar cidadãos e cidades.

A simplicidade de utilização da plataforma é outras das suas principais características já que o seu funcionamento é semelhante ao das redes sociais. De forma prática e intuitiva é possível criar uma página de perfil, procurar colegas, criar redes por áreas de competência, seguir cidades, receber alertas por assunto ou autor, pesquisar na base de dados, consultar informações oficiais e obter informação estatística sobre páginas e conteúdos, mais vistos, mais recentes e mais votados. Trata-se, ainda, do único canal agregador de conteúdos sobre cidades que integra uma base de dados profissional e um motor de busca.

De acordo com Mauro Xavier, Diretor da MicrosoftEste é um projeto que resulta de um trabalho de grande proximidade entre a Microsoft e a Link Think (www.linkthink.pt)  que acreditamos vai constituir um importante motor para o desenvolvimento de uma maior eficiência e produtividade das entidades locais e organismos que as compõem, mas também para uma maior proximidade entre estas e os cidadãos através da partilha de conhecimento, de uma maior interatividade e participação cívica de todos.”

O Link Cities está disponível online desde o início do ano www.linkcities.pt e conta já com a associação de várias entidades oficiais, entre elas o Tribunal Constitucional, o Tribunal de Contas, a Procuradoria-Geral da República, DGAL, CCDR-LVT, CCDR-ALG, CCDR-ALT, CCDR-N, ANMP, bem como algumas Comunidades Intermunicipais, Capitais de Distrito e outros Municípios > 50 Lisboa, Porto, Bragança, Coimbra, Faro, Santarém, Castelo Branco, Évora, Vila Real, Setúbal, Trofa, Vila Real, Cascais, Óbidos, Fundão, Rio Maior, Vila de Rei, Sertã, Vila Real de Santo António e muitos outros.

Em Portugal a plataforma Link Cities pretende ligar mais de 4000 Cidades e 300 mil Profissionais, e nos Palop’s cerca de 20 000 Cidades e 9 milhões de Profissionais.

A plataforma foi desenvolvida recorrendo à mais recente tecnologia da Microsoft, Windows Azure.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário