22892 0

Microsoft e empresas parceiras vão “Ativar Portugal” com formação certificada e emprego qualificado em TI

A Microsoft Portugal apresentou hoje, em conjunto com as empresas parceiras, o Ativar Portugal – Programa de Formação e Valorização para o Emprego, que tem como objetivo a criação de emprego qualificado, formação, certificação oficial e valorização de competências em tecnologias Microsoft. Desta forma, a empresa pretende reforçar a importância do setor das Tecnologias de Informação (TI) como motor de crescimento económico do País, e posicionar Portugal como um polo de inovação e competência europeu e mundial.

Formar e certificar 10 mil pessoas em tecnologia Microsoft até final de 2017 são as grandes metas do projeto, que conta com o apoio de mais de 150 empresas parceiras e disponibiliza já no arranque perto de 350 ofertas de emprego, nas quais se destacam a Accenture, a Agap2, Bee Engineering, GFI, Iten, KCS IT, Quidgest, Randstad e Unisys como os parceiros com maior número de oportunidades anunciadas. A Microsoft estima por isso em 2.000 o número de empregos que se possam criar até ao final do ano na área das tecnologias Microsoft em Portugal no âmbito desta iniciativa.

O Ativar Portugal surge como resposta às dificuldades das empresas do setor em encontrarem profissionais com as competências necessárias e específicas deste mercado. Neste momento, há cerca de 5.000 ofertas de emprego por preencher no setor das TI – e 2.000 vagas por preencher no caso da procura de profissionais especializados em tecnologias Microsoft – não existindo profissionais com a formação adequada para responder a estas necessidades dos empregadores. Passando para um cenário europeu, estes números são bastante superiores, havendo mais de 900.000 empregos por preencher no setor das TI até 2015.

A iniciativa resulta do compromisso e trabalho conjuntos da Microsoft Portugal e das principais empresas parceiras na área da formação, nomeadamente a Actual Training, Alphappl, Galileu, GTI e Rumos, bem como da demais rede de parceiros Microsoft, que já está a usar o mercado de emprego do portal Ativar Portugal para procurar profissionais certificados.


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Notícias Relacionadas

IBM lança novos serviços de mobilidade

A IBM acaba de anunciar novas soluções que reforçam o portefólio de Serviços de Mobilidade da Companhia para ajudar as empresas a tirarem o máximo partido das tecnologias

Portuguesa Observit estreia-se no Reino Unido

A Observit iniciou esta Segunda-feira um novo processo de internacionalização, lançando no Reino Unido o AGORA, o seu novo software de segurança, numa das principais feiras deste sector

Tecnológica Portuguesa DOIS alcança a primeira Certificação da Qualidade

A DOIS acaba de alcançar a sua primeira certificação da qualidade, atribuída pela SGS. Este certificado, pioneiro na história da DOIS, foi concedido no início do presente mês de

Facebook Awards 2017: Inscrições já começaram

Estão abertas as inscrições para a edição de 2017 dos Facebook Awards. Estes prémios celebram o trabalho criativo e entusiasmante que suporta novas formas de contar histórias e

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *