25705 0

Microsoft anuncia fim do suporte ao Windows XP em 2014

A Microsoft Portugal anuncia o início das atividades conducentes ao fim do suporte ao Windows XP e Office 2003 no nosso país. O dia 8 de abril de 2014 marca o fim de 10 anos de suporte a uma das mais adotadas versões de sempre do Windows e o período a partir do qual as organizações em Portugal e no resto do mundo deixarão de receber atualizações para Windows XP e Office 2003.

A última década concentrou o maior conjunto de inovações que a Microsoft disponibilizou no mercado, nomeadamente 4 gerações de Windows: Windows Vista, Windows 7 e Windows 8. A par dos crescentes e novos desafios impostos ao tecido empresarial português, verificou-se também uma profunda alteração do paradigma tecnológico, que apresenta novas soluções de comunicação, colaboração, conectividade, acessibilidade e flexibilidade, e uma evolução do cenário de segurança, com o surgimento de novas ameaças.

Neste âmbito, é fundamental que as empresas e demais organizações assegurem a proteção dos seus dados, atualizando nomeadamente os seus sistemas operativos e hardware, para evitar vulnerabilidades e demais ameaças em termos de riscos de segurança, conformidade e limitações tecnológicas que podem comprometer a produtividade e crescimento do negócio.

O fim do suporte ao Windows XP e Office 2003 representa, desta forma, uma oportunidade para as PMEs nacionais modernizarem os seus sistemas, integrando as mais modernas ferramentas de produtividade. A campanha informativa que a Microsoft inicia agora em Portugal tem como objetivo ajudar as organizações a avaliar o processo de migração do Windows XP, analisando questões como:

  • Em que consiste o suporte para as aplicações de software que necessita para o seu trabalho? Com o fim do suporte do Windows XP, muitas das aplicações que foram originalmente subscritas para este produto terão custos de suporte extra associados, especialmente no caso de fornecedores de software independentes que deixarão gradualmente de suportar as aplicações mais recentes executadas em Windows XP. A par de alguns dados mundiais que apontam para que cerca de 30% das PMEs usam ainda o Windows XP e o Office 2003, aumentando esta percentagem para 40% em Portugal, a IDC prevê ainda que muitas organizações vão esperar para mudar do Windows XP para o Windows 7 ou para o Windows 8.
  • Que tipo de ferramentas de trabalho e funcionalidades necessitam os seus colaboradores para serem bem-sucedidos? Com uma variedade de aplicações, modelos e ferramentas de trabalho que pode escolher com o Windows 8 – desde o notebook, tablets e todos os dispositivos que utilizem o toque – pode substituir o hardware mais antigo por um novo dispositivo Windows que reflita as necessidades específicas dos seus funcionários e com o qual preferem trabalhar nos dias de hoje.
  • Como deseja gerir os dispositivos que correm dentro da sua rede corporativa? As empresas, em particular, sentem cada vez mais a pressão para manter as suas estruturas atualizadas e eficientes, a par da crescente necessidade de protegerem os seus dados e gerirem todos os seus dispositivos, ao mesmo tempo que asseguram a segurança e conformidade de todo o processo.

A Microsoft recomenda, assim, que os clientes que ainda operam em Windows XP analisem a sua transição para sistemas mais modernos, dos quais é exemplo o Windows 8 e o Novo Office, de forma a beneficiarem das mais recentes tecnologias e soluções integradas de comunicação e colaboração, mas também de uma plataforma moderna concebida para a nova geração de hardware – tablets, dispositivos de toque, desktops e laptops tradicionais.

A par do fim do suporte do Windows XP, a Microsoft Portugal dá, ainda, a conhecer uma campanha dirigida especificamente aos parceiros, que pretende auxiliar as PMEs no processo de transição, nomeadamente através da disponibilização de uma solução on premisse que permite às organizações modernizarem as suas infraestruturas tecnológicas e integrarem as soluções tecnológicas de futuro e de crescimento, como sendo a cloud.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Best lança Supermercado de Fundos no Mobile Banking

O Banco Best acaba de disponibilizar no serviço de Mobile Banking a maior oferta de fundos de investimento no mercado nacional, permitindo o acesso a mais de 2.000

Estudo Regus revela que 38% dos portugueses diz que os cafés apenas servem para ver e-mails, não para trabalhar

Um novo estudo do fornecedor global de locais de trabalho Regus revela que, a nível mundial, os profissionais com alguma mobilidade não se importam de verificar e-mails num

OKI Europe eleva a impressão no escritório a um novo nível com lançamento da impressora cor A3, C911dn

A OKI Europe Ltd., Sucursal em Portugal apresenta a nova impressora cor A3 de elevado rendimento, C911dn. Ideal para impressão criativa em escritórios e para uma utilização genérica

Bizdirect assume-se como integrador de aplicações Microsoft

No âmbito da sua parceria com a Microsoft, a Bizdirect, alargou a sua oferta de competências e assume-se como um integrador de soluções Microsoft em Dynamics CRM, SharePoint

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *