16199 0

Mercado português de Rent-a-car cresce 4% em 2014

Segundo o estudo Setores Portugal “Aluguer de automóveis”, publicado pela Informa D&B, o mercado de rent-a-car foi estimulado em 2013 pelo bom comportamento da atividade turística, após a evolução negativa registada nos anos anteriores. O volume de negócios situou-se nos 450 milhões de euros nesse exercício, crescendo 8,4%. O bom comportamento da atividade turística, principalmente estrangeira, irá continuar a beneficiar o mercado prevendo-se, para 2014, uma faturação de 470 milhões de euros, uma subida de 4% face a 2013.

Em 2013, a frota de veículos das empresas de rent-a-car era composta por 59 800 unidades, sendo 92% veículos de passageiros.
Particulares e profissionais constituem os clientes principais neste sector, sendo responsáveis por cerca de 60% do valor total do mercado. A quota restante é composta por clientes empresariais e pela administração pública.

A atividade de renting de automóveis apresentou um comportamento pior. A frota de veículos em renting diminuiu 8% em 2013, situando-se em pouco mais de 92 000 unidades e o valor deste mercado situou- se nos 575 milhões de euros, o que representa uma descida de 10,9% face a 2012.

A curto prazo o mercado de renting continuará a ser afetado pelas medidas de redução de custos nas empresas, as restrições orçamentais da administração pública e a debilidade de preços no mercado de veículos de segunda mão. Neste contexto, prevê-se uma descida de 2% do volume de negócios em 2014, que se situará próximo dos 565 milhões de euros.

O mercado português de renting apresenta um elevado grau de concentração empresarial, operando com um reduzido número de empresas. Nos últimos anos acentuou-se esta tendência, em consequência das alianças e fusões ocorridas entre empresas especializadas em renting e grupos automóveis e financeiros. Em 2013, as cinco maiores empresas geraram 78% do volume de negócios total, percentagem que se eleva para 91% quando consideradas as dez maiores empresas.

A concentração da oferta no mercado de rent-a-car, por seu lado, também é elevada: a quota conjunta dos cinco maiores operadores representava 49% em 2013, aumentando para 65% quando considerados os dez maiores.


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Notícias Relacionadas

Altitude Renova Certificação de Qualidade com Aposta em Excelência na Assistência Técnica

A Altitude Software anuncia a renovação da certificação ISO 9001 para as suas operações globais de assistência ao cliente. A Altitude detém este certificado desde 2007. “A qualidade é

Schneider Electric lança solução inovadora com cunho Português

A Schneider Electric lançou o Data Center in a Box, uma solução completa e inovadora de Centros de Dados em módulos pré-fabricados assemblados em fábrica ou no local

Check Point, uma vez mais, ‘Líder’ na proteção de dados móveis segundo a Gartner

A Check Point anuncia ter sido posicionada como ‘Líder’ no Quadrante Mágico da Gartner 2015 para a Proteção de Dados Móveis1. Este é o nono ano consecutivo que a

Rumos promove workshops gratuitos de Segurança digital e Cloud

Numa sociedade cada vez mais ligada à internet é fundamental os profissionais dominarem as novas tecnologias. Atenta às tendências do mercado, a Rumos vai realizar um conjunto de

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *