Maiores empresas do setor logístico e retalho escolhem Generix Group

14080
0
Share:

A Generix Group foi selecionada pelas empresas Auchan, DHL, FCC Logística, Luís Simões, Refrige e Renault Portugal, entre outras, para implementar nas suas operações a solução TransportXpress, que visa a comunicação de documentos de transporte à Autoridade Tributária e Aduaneira, no âmbito do Decreto-Lei 198/2012 que entra em vigor a 1 de julho.

A confiança depositada na Generix Group pelas maiores e mais exigentes empresas dos setores logístico e de retalho, que pela natureza do seu negócio processam o maior número de guias de remessa, é reflexo da fiabilidade e robustez da solução, assim como da experiência e know-how da empresa que, nos primeiros meses do ano, contabilizou mais de um milhão de mensagens B2B transacionadas por dia.
O serviço de assistência e suporte 24/7 e a compatibilidade com todos os sistemas informáticos são outros fatores tidos em conta na escolha do TransportXpress.

“Esta grande adesão ao TransportXpress atesta a robustez, fiabilidade e qualidade da nossa solução, assim como a confiança que é depositada na Generix Group em desenvolver um software que responda aos mais altos padrões de exigência”, refere Mário Maia, Diretor de Vendas da Generix Group.

A nova solução TransportXpress tem como objetivo a gestão e comunicação dos documentos de transporte à Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), no âmbito do novo enquadramento legal ao abrigo do Decreto-Lei 198/2012, que irá revolucionar o intercâmbio de documentos de transporte no mercado português. O novo Decreto-Lei entra em vigor já no próximo dia 1 de julho.

“Selecionámos a Generix porque reconhecemos a qualidade dos serviços que prestam e tínhamos a confiança de que o TransportXpress iria corresponder às nossas expectativas. É uma solução inovadora, intuitiva e que vem facilitar o nosso workflow de dados transacionados, algo imprescindível no mercado onde atuamos”, refere Virgílio Faustino, DSI da Luís Simões.

Com a entrada em vigor do Decreto-Lei 198/2012, a comunicação de todos os elementos dos documentos de transporte à AT terá de ser feita por transmissão eletrónica em tempo real, através do envio do ficheiro SAF-T ou da emissão direta no Portal da Finanças.


Share:

Deixe o seu comentário