Mainroad apresenta e debate estudo sobre Security Intelligence nas Organizações Nacionais

8096
0
Share:

A Mainroad realizou, nos passados dias 6 e 13 de maio, dois almoços-debate subordinados ao tema “Security Intelligence – How Security Can Maximize Value From Your IT Investments”, em Lisboa e no Porto. Os encontros foram também palco da apresentação em primeira-mão dos resultados do estudo “ Security Intelligence nas Organizações Nacionais”, lançado em conjunto com a IDC Portugal.

Durante os eventos, um dos pontos mais focados foi a cultura de segurança da informação nas organizações nacionais. Consequentemente a necessidade de formação dos colaboradores, a valorização da perspetiva interna da segurança, diminuindo erros humanos e prevenindo atividades dolosas, a transversalidade da responsabilidade no seio da administração das organizações e a integração de boas práticas e alinhamento com os requisitos do negócio foram apontados com fulcrais para o sucesso de qualquer organização.

De facto, e de acordo com a experiência partilhada por parte de alguns dos gestores presentes de várias organizações nacionais, o crescimento das ameaças e vulnerabilidades dos sistemas de segurança criou um novo paradigma no entendimento da segurança da informação. Neste âmbito, concluiu-se que uma visão holística da segurança, que considere uma estratégia integrada da segurança de informação, no seio de uma organização, permitirá criar valor acrescentado nas organizações.

Para tal, foi indicada como crucial a necessidade de partilha de conhecimentos e know-how com os diversos stakeholders das organizações. Cresce, cada vez mais, a necessidade de se criarem objetivos partilhados pela organização, apostando em abordagens estruturadas de Governance e de Gestão de Segurança. Desta forma, e tendo em conta a crescente necessidade de se apostar em Segurança de Informação, aliada às novas soluções de TI (Cloud, Big Data, etc.), torna-se fundamental a implementação de soluções integradas como as oferecidas pela Mainroad, nomeadamente, SOC – Security Operations Center, Auditing & Assessment, Governance, Risk & Compliance e Network Security, entre outras, que melhoram a capacidade de combate a vulnerabilidades por parte das organizações.

Nestes debates estiveram presentes decisores de TI públicos e privados, sendo exemplo disso Rui Gomes, Diretor de Sistemas de Informação do Hospital Fernando Fonseca, Luisa Afonso, Diretora de Tecnologias e Segurança da Sonae, João Morais, Diretor de Sistemas de Informação do OMIP, Carlos Vaz, Diretor de Sistemas de Informação da Chamartín Imobiliária, Lino Santos, Diretor de Segurança da FCCN, Isabel Rosa, Diretora de Sistemas de Informação do INCI, Rogério Silva, Diretor de Sistemas de Informação da Frulact, entre outros.

“A Mainroad tornou-se num prestador de serviços de Segurança de Informação cujo know-how e experiência de implementação de soluções, a nível nacional e internacional, em 4 continentes, oferece aos clientes e parceiros opções de segurança integradas e completas que nos permitem responder aos desafios lançados por qualquer organização, independentemente do seu setor de atividade, e em qualquer localização”, afirma Nuno Homem, Diretor-Geral da Mainroad.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário