LOGO 3.0: a estratégia para o novo consumidor digital

8712
0
Share:

A LOGO reforça a sua aposta no mobile com o lançamento de um novo site que permite uma experiência de navegação multi-plataforma, mantendo total coerência e uma experiência de utilização única.

A par da app myLOGO, lançada no início do ano, este investimento marca mais uma etapa da estratégia LOGO 3.0: conquistar e acompanhar os “novos” consumidores – indo ao encontro do seu perfil cada vez mais digital -, reforçando a liderança e a diferenciação a nível da inovação e tecnologia, com uma solução verdadeiramente única do ponto de vista mobile.

“O mercado dos Smartphones cresceu 78,4% em 2013, enquanto no mercado dos Tablets o crescimento ascendeu a 256%. São estes os novos meios de acesso que os nossos clientes, atuais e potenciais, utilizam. Para satisfazer estes novos hábitos de consumo foi necessário investir numa plataforma que permitisse uma navegação simples, rápida e segura em qualquer dispositivo. Foi preciso reinventar o site e tirar partido das potencialidades dos dispositivos móveis” afirma José Pedro Inácio, diretor-geral da seguradora.

devices copyEsta nova versão do site LOGO, optimizado para qualquer dispositivo, integra os feedbacks facultados pelos clientes e contém toda a informação necessária à tomada de decisão do consumidor: permite a simulação dos vários produtos da oferta Triple Play (Auto, Casa e Saúde); a adesão no momento, de forma rápida e simples; o contato com call center via Skype ou o acesso à área de cliente (onde o cliente poderá consultar as apólices, efetuar pagamentos, pedidos de ajuda e/ou novas simulações).

O novo conceito de comunicação digital da marca assenta na clareza informativa e num grafismo forte, reforçando a promessa de simplicidade e diferenciação da marca. Ao mesmo tempo que mantém a total coerência e uma experiência de navegação única entre dispositivos: “cada vez mais os clientes veem um anúncio da LOGO na TV e estão ao mesmo tempo a consultar o site no seu tablet; e no dia seguinte de manhã voltam ao site utilizando o seu desktop – a experiência tem de ser a mesma, até para garantirmos a simplicidade que é um pilar dos nossos valores”, refere José Pedro Inácio.

Do ponto de vista da tecnologia, o site recorre ao state-of-the-art atual com Responsive Web Design (RWD), HTML5/CSS3, Multiple Information Architecture (IA), Sharing/Linking e Analytics.

“A LOGO tem de estar onde o consumidor está e oferecer aquilo que o cliente realmente quer – e o cliente quer aceder via mobile” acrescenta o responsável. “Basta ver a evolução das pesquisas relacionadas com seguros: no mobile cresceram mais de 100% nos últimos meses enquanto as pesquisas no ‘desktop’ praticamente estagnaram. Esta evolução reflete-se também nas visitas ao nosso site: no início de 2011 representavam menos de 0,5% enquanto no final de 2013 já ultrapassavam os 10%” conclui.

Entretanto, com mais de 4 mil registos efetuados, a app myLOGO (www.appmylogo.pt) revelou-se uma aposta de sucesso da seguradora – em menos de um dia já fazia parte das três aplicações financeiras mais descarregadas do iTunes e alcançou o segundo lugar nas aplicações gratuitas para iPhone.

Otimizada para iOS e Android, a aplicação permite gerir os seguros de A-Z tirando partido de todas as potencialidades dos smartphones, como seja o GPS ou a câmara fotográfica. Consultar documentos, pagar recibos de imediato, chamar a assistência, participar sinistros, marcar peritagens ou consultas médicas, “navegar” até ao dentista, ficou assim disponível na palma da mão, em qualquer lugar que o cliente se encontre.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário