Lenovo nomeada uma das Melhores Marcas Mundiais no relatório da Interbrand pelo segundo ano consecutivo

20064
0
Share:

A Lenovo anunciou no final da semana passada que, pelo segundo ano consecutivo, foi nomeada uma das Melhores Marcas Mundiais no relatório da Interbrand. Esta nomeação é vista como resultado do investimento e do empenho em que a empresa tem apostado para dar continuidade à inovação nos seus produtos e à sua evolução enquanto marca. Esta influente lista é publicada aualmente pela Interbrand e é composta por um grupo elitista das marcas mais fortes e reconhecidas a nível mundial.

Este ano ficou marcado como uma época de crescimento e transformação da marca para a Lenovo, pelo seu recente investimento na aquisição da Motorola e nos servidores System X da IBM. Além disso, o negócio de armazenamento permitiu diversificar em grande escala o portfólio de produtos da empresa e o seu alcance em termos de clientes. A Lenovo manteve a sua posição como líder global em PC’s com uma quota de mercado de mais de 20%, ocupando o segundo lugar a nível mundial na área de tablets Android e está a um passo de se tornar um dos players top 3 no mercado de data center, bem como um emergente concorrente no setor móvel com a reconhecida marca de smartphones Moto. Aproveitando todo este crescimento de mercado e a sua liderança em múltiplos setores de produto, a Lenovo posicionou a sua marca mais além com os ThinkPad, Yoga e Moto a partir de um ponto de vista mais amplo: “Different is better”.

O relatório das Melhores Marcas Globais da Interbrand celebra a sua 17.ª edição, identificando e valorizando as 100 principais marcas internacionais utilizando uma metodologia única que analisa as várias formas como a marca influencia e beneficia uma empresa, desde a captação do talento até satisfazer as necessidades do consumidor e o desenvolver do valor económico. O ranking baseia-se numa combinação de qualidades que contribuem para a geração do valor da marca, incluindo o seu rendimento, o papel que a marca tem na hora de influenciar na decisão do comprador e na fortaleza que tem a marca para controlar o preço premium e assegurar ganhos à empresa.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário