Konica Minolta testa inovação em Portugal

10560
0
Share:

A multinacional Konica Minolta vai aproveitar este evento para fazer o lançamento oficial da sua nova impressora rolo-a-rolo digital, a bizhub PRESS C71cf.

Antes do lançamento Europeu, o fabricante japonês esteve durante cerca de doze meses a realizar testes em Portugal, com equipas multidisciplinares e multi-culturais, num ambiente de cliente.

A empresa escolhida para realizar estes testes numa fase beta foi a Lithoformas, empresa portuguesa de soluções de embalagem, bilhética e rotulagem. A escolha deste cliente Português, no pânorama Europeu, deveu-se ao facto de ser uma organização que sofreu recentemente uma transformação, fruto da evolução do mercado.

A Lithoformas iniciou a sua atividade-core enquanto produtor de formulários comerciais, embora nos últimos anos se tenham direcionado, com sucesso, para a área de labelling e packaging. O Diretor da Organização: Miguel Abranches Pinto, justifica esta alteração devido ao declínio da utilização de formulários comerciais e esclarece ainda que “a chave do sucesso da empresa está na produção eficiente de short-runs”.

“Existem várias razões para termos escolhido a impressora digital da Konica Minolta”, afirma o Eng. Miguel Abranches Pinto. “Em primeiro lugar, o motor digital da Konica Minolta é o mesmo das nossas máquinas de produção. Apesar de terem pequenas diferenças, são motores muito simples, onde a qualidade CMYK é muito superior quando comparada com outras opções. No seu todo são máquinas muito fáceis de se manipular”.

Com um motor de imagem de toner seco, a nova bizhub PRESS C71cf imprime na escala CMYK a uma velocidade de 13,5m/min e a uma resolução de 1200 x 1200 DPI / 8 bit, num diâmetro máximo de 500 mm em unwind/rewind.

O Responsável de Production Printing da Konica Minolta, Manuel Matos, acrescenta ainda que “a nova solução C71cf direcionada para o mercado das etiquetas vem preencher uma lacuna que existia nas curtas tiragens de um segmento onde o crescimento para os próximos anos, se estima ser bastante elevado.” Por último, enfatiza o facto de que “a solução testada num ambiente de cliente tem-se revelado muito estável e com um desperdício inicial de produção muito reduzido. O ROI deste novo equipamento da Konica Minolta é dos mais altos do mercado, quando comparado com outras alternativas. Estamos convictos que será uma solução de referência para o setor!”


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário