13774 0

Kaspersky Lab e InfoWatch são agora independentes

A Kaspersky Lab e a InfoWatch concluíram o processo de separação de ambas as companhias em dois negócios diferentes. Segundo o acordo assinado entre as duas companhias, a Kaspersky Lab venderá a sua participação na InfoWatch, anteriormente uma filial da Kaspersky Lab, a Natalya Kaspersky.

Em Fevereiro de 2012, a Kaspersky Lab readquiriu todas as partes da companhia que pertenciam à co-fundadora e anterior CEO da Kaspersky Lab, Natalya Kaspersky, o que significa que esta já não é accionista da Kaspersky Lab.

Como resultado destes acordos, a Kaspersky Lab e a InfoWatch tornam-se duas companhias completamente independentes, sem qualquer relação entre si, nem em termos de cooperação, nem como concorrentes directos.

Natalya e Eugene Kaspersky co-fundaram a Kaspersky Lab em 1997. Durante os 15 anos de história da companhia, a companhia passou de um negócio familiar a um dos maiores fabricantes de produtos de software de segurança do mundo. A companhia actualmente funciona em quase 200 países e as suas tecnologias oferecem protecção a mais de 350 milhões de utilizadores em todo o mundo.

A InfoWatch foi criada em 2003 como uma filial da Kaspersky Lab especializada no desenvolvimento de soluções para prevenir a filtragem de informação confidencial. Em 2011, Natalya e Eugene Kaspersky decidiram dar início ao processo de separação destes negócios fundados conjuntamente. Num primeiro momento – Verão de 2011—, Natalya Kaspersky abandonou seu posto de Presidente da Kaspersky Lab. Desde então, Eugene Kaspersky tem sido Presidente do Grupo Kaspersky Lab e CEO da empresa Kaspersky Lab.

Eugene Kaspersky declara, a propósito do fim da relação comercial com Natalya Kaspersky e a InfoWatch: “A Natalya e eu construímos um negócio que cresceu até chegarmos a ser uma das maiores empresas de segurança TI do mundo. Hoje, estamos a mover-nos em direcções diferentes e chegou o momento de seguir caminhos diferentes. Agradeço a Natalya a sua cooperação, no mais amplo dos sentidos, e desejo-lhe sucesso nos seus futuros negócios”.

Natalya Kaspersky, proprietária e CEO da Infowatch, também se manifestou sobre o acordo: “Fui eu quem deu início à venda do nosso produto antivírus. Durante estes 18 anos de cooperação, Eugene e eu fundámos a companhia, obtendo grandes resultados no mercado russo e internacional, construindo um canal de parceiros e desenvolvendo uma ampla gama de produtos. Mas, como pessoa de acção prefiro fazer os negócios à minha maneira. Planeio desenvolver a InfoWatch e manter boas relações com a direcção e os empregados da Kaspersky Lab.


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Notícias Relacionadas

PT abre exposição de inovação e tecnologia ao público

A Portugal Telecom vai prolongar a sua “Technology and Innovation Conference” até domingo, 4 de Novembro, sendo que nesse dia a área de exposição “Smart City PT” estará

Reditus distinguida como melhor Parceiro de Serviços para a IBM

A Reditus foi considerada pela IBM como o melhor parceiro de serviços de 2012. O prémio foi entregue durante a edição deste ano da Conferência Nacional de Parceiros

Canon lança gama de impressoras inkjet para PME

A Canon tem novidades no seu portfólio de impressoras empresariais, com o lançamento da MAXIFY, uma nova gama de impressoras inkjet para escritório, criadas para apoiar as necessidades de

Information Builders Ibérica continua a aumentar o seu âmbito internacional de atuação com a adição de Itália para a sua organização

A Information Builders continua a premiar o desempenho da sua subsidiária ibérica, desta vez com a incorporação do seu negócio na Itália ao organigrama internacional, administrado a partir

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *