20273 0

itBase cria solução de contabilidade na nuvem

Com uma forte presença no mercado do software de contabilidade e gestão, a itBase acaba de lançar o WinMax4, a última versão do seu programa de faturação, certificado pela Autoridade Tributária. O programa, disponível em versões stand-alone ou hosted, conta com o suporte do centro de dados da Flesk Telecom para oferecer aos clientes uma solução económica, fiável, segura e sem necessidade de investimento em hardware.

Carlos Miguel Soares, General Manager da itBase, explica que o WinMax foi evoluindo e declinado em inúmeras versões ao longo dos anos. “Tínhamos 12 produtos WinMax no total que, apesar de parecerem uma plataforma comum do ponto de vista do utilizador, não o eram do ponto de vista do código, o que nos colocava vários desafios em termos do desenvolvimento, evolução e manutenção do produto”.

“Precisávamos de ter uma solução que fosse facilmente gerível, quer para nós – em termos do desenvolvimento do produto – quer também para os nossos clientes, ao nível do processo de licenciamento”, diz Carlos Miguel Soares. A empresa decidiu por isso que a nova versão do seu produto mais visível seria apenas vendido sob a forma de Software+Serviços (S+S) e de Software como um Serviço (SaaS). No primeiro caso, o produto é hosted nas instalações do cliente; no segundo caso, será hosted num datacenter.

Uma vez que a itBase é, desde longa data, cliente da Flesk Telecom, a escolha do novo datacenter da Flesk no Algarve surgiu como a opção natural para a oferta da solução WinMax4 em versão SaaS.

Benefícios

Ao comparar ambas as versões, Carlos Miguel Soares não tem dúvidas em afirmar que “a segurança da informação é muito maior no datacenter da Flesk do que em casa do cliente”. A diferença é que “há a segurança da informação e há a perceção da segurança – muitos clientes pensam que os seus dados estão mais seguros se estiverem alojados num servidor próprio, mas isso simplesmente não é verdade”.

O responsável da itBase salienta as diversas vantagens em apostar numa solução alojada num centro de dados seguro, como é o caso do datacenter da Flesk Telecom. “Em ‘casa’, não estou mais seguro do que num datacenter – estou muito menos seguro! Os clientes que optam pelo hosting local não têm nunca uma infraestrutura comparável ao que o datacenter da Flesk oferece: não têm SLA [Service Level Agreement], não têm seguranças distribuídas, não têm gestão permanente, não têm upgrades automáticos, não têm backups…”

Carlos Miguel Soares salienta ainda outros argumentos a favor de alojar a informação em Portugal. Um exemplo especialmente importante no caso de uma aplicação de gestão e contabilidade como é o WinMax4, é que “os dados fiscais têm, por lei, de estar alojados em território nacional; só podem estar alojados fora do território nacional com autorização da Autoridade Tributária, algo que não é necessário no caso do nosso programa, uma vez que o datacenter da Flesk está em Portugal, sujeito apenas à legislação nacional”.

“O que temos com a Flesk é um verdadeiro parceiro. Esta é a principal razão da nossa escolha”, reconhece Carlos Miguel Soares. “Claro que têm de ter a capacidade técnica e a infraestrutura certa, mas isso é um dado que está assegurado à partida. O que diferencia verdadeiramente esta opção é capacidade de falar com a Flesk e, se for preciso, trabalhar com eles diretamente. E essa confiança é algo que se reflete na excelência do nosso produto e, no limite, no serviço que prestamos aos nossos mais de 6.000 utilizadores”.


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Notícias Relacionadas

Portugal Telecom disponibiliza solução SAP Business One Cloud

A SAP AG anunciou hoje que a Portugal Telecom é o primeiro fornecedor de serviços Cloud, a nível mundial, a oferecer a solução SAP Business One Cloud powered

Mainroad lança solução MAIN IT SERVICE DESK na Cloud

A Mainroad lançou a solução MAIN IT SERVICE DESK que consiste num serviço criado para ser um “SPOC” (Single Point of Contact – Ponto de Contacto Único”) onde

Estudo Mercer revela que os Salários diminuem nos cargos de maior e menor responsabilidade

Segundo o estudo Total Compensation Portugal 2015 realizado pela consultora Mercer, que analisou 112.677 postos de trabalho em 307 empresas presentes no mercado português, atingindo assim um número

Xpand IT anuncia parceria com a Sitecore

A Xpand IT anuncia oficialmente a parceria com a Sitecore. Para atingir o estatuto de parceiro, a Xpand IT formou uma equipa especializada na tecnologia e definiu um

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *