Intel Apresenta Próxima Fase do Big Data Intelligence

8096
0
Share:

De forma a ajudar empresas de vários setores, desde o Retalho à Saúde, passando pela Banca e pelos Transportes, a transformar os seus dados em informação útil, a Intel Corporation acaba de lançar a nova gama de processadores Intel Xeon E7 v2.

A utilização destes dados permite às empresas tomar decisões que irão melhorar os seus resultados a médio e longo prazo. A gama de processadores Intel Xeon E7 v2 possui novas capacidades de processamento e análise de grandes, e diversificados, volumes de dados permitindo o acesso a informações até então inacessíveis.

“As empresas que alavancarem a utilização de dados para acelerar o conhecimento de negócio, terão uma grande vantagem na economia atual,” referiu Diane Bryant, Senior Vice-President e General Manager do Intel Data Center Group. “O elevado desempenho, a capacidade de memória e a segurança da gama de processadores Intel Xeon E7 v2 permitem às empresas de TI obter análises dos dados em tempo real. Estando, assim, aptas a identificar e aproveitar tendências, a criar novos serviços e a melhorar a eficiência do negócio”.

O Big Data e a Internet das Coisas (IoT) estão a permitir que muitas empresas cresçam, na medida em que criam serviços altamente rentáveis através da informação a que têm acesso. O mercado de tecnologia e serviços Big Data deverá crescer cerca de 27% ao ano até 2017, totalizando 32,4 mil milhões de dólares nesse ano.

A principal fonte deste crescimento está na enorme quantidade de dados provenientes de dispositivos conetados que formam a Internet das Coisas e, que, segundo as projeções, deverá crescer para 30 mil milhões de dispositivos até 2020. O investimento em tecnologias de alta performance e em soluções de análise pode, também, dar lugar a grandes reduções de custos. Por exemplo, a organização de TI da Intel espera alcançar uma poupança de quase 500 milhões de dólares através da utilização de soluções de análise até 2016.

Funcionalidades de processamento e análise de Big Data com elevados níveis de segurança:

A nova gama de processadores Intel Xeon E7 v2 apresenta o triplo da capacidade de memória comparativamente à gama anterior, permitindo uma análise dos dados mais rápida e eficiente. A análise in-memory localiza e analisa um conjunto inteiro de dados – como a base de dados completa de um cliente – na memória do sistema em vez de o fazer nas tradicionais drives de disco.

Este método está a aumentar a sua popularidade em seguimento do aumento da necessidade de análises mais complexas. A consultora Gartner prevê que 35%das médias e grandes empresas irão adotar a análise in-memory até 2015, mais 10% que em 2012. A consultora prevê, também, que pelo menos 50% das empresas presentes no Global 2000 utilizarão a computação in-memory para obter benefícios adicionais significativos de investimentos em entreprise resource planning (ERP).

O eBay, um dos maiores e mais complexos mercados online do mundo, lida com quantidades massivas de dados de mais de 50 petabytes (PB), oriundos de mais de 100 milhões de utilizadores. Com base num teste inicial desta nova gama de processadores Intel, bem como do software de analítica in-memory HANA da SAP, o eBay optimizou a sua performance e percepção de grandes volumes de dados, o que contribuirá para gerar a novas oportunidades e rentabilidade aos seus clientes.

Concebido para suportar servidores com até 32 entradas, e com configuração que permite até 15 núcleos de processadores, bem como uma memória por entrada de até 1,5 terabytes (TB), esta nova gama de processadores permite o dobro da performance da geração anterior. Estas melhorias ajudam as empresas que possuem aplicações que correm missões críticas, incluindo sistemas de apoio à empresa (BSS), CRM e ERP, trabalharem de forma mais eficiente, a um custo mais reduzido e com tempos de resposta mais rápidos. Por exemplo, uma equipa de vendas que utilize estas aplicações pode maximizar o seu lucro apontando qual a melhor hora para vender um produto, ou permitir a um fornecedor de petróleo ou gás prever quando é que a sua plataforma precisará de manutenção preventiva.

Para reduzir o grande tráfego de dados, a gama Intel Xeon Processor E7 v2 possui o Intel Integrated I/O, Intel Data Direct I/Oe suporte para PCIe 3.0, permitindo beneficiar de até quatro vezes de largura de banda I/O face à antiga geração, fornecendo capacidade extra para armazenamento e ligações de networking.

A segurança e tempo útil do Sistema continua a ser um requisito-chave para aplicações de missão crítica. A gama Intel Xeon Processor E7 v2 prossegue com a tradição da Intel em fornecer segurança, disponibilidade e prestabilidade (RAS). A Intel Run Sure Technologynfoi criada para soluções de alta disponibilidade, essenciais para o tratamento de dados críticos para o negócio, reduzindo a frequência e o custo de tempos de inactividade, planeados e não planeados.


Share:

Deixe o seu comentário