Intel lança coprocessador Intel Xeon Phi

10912
0
Share:

Com o intuito de marcar uma nova era na computação de alto desempenho, a Intel Corporation anunciou o coprocessador Intel Xeon Phi, um aglomerado daquilo que foram anos de pesquisa e parceria, com o objectivo de apresentar ao mercado uma performance sem precedentes para as mais recentes inovações nas áreas de produção, lifesciences, energia, entre outras.

A capacidade de calcular, simular e tomar decisões com mais informação e de forma mais rápida tem impulsionado o crescimento da computação (HPC) e de análises de alto desempenho. Isto foi despoletado por negócios internacionais e prioridades de investigação que prevêem com maior precisão os padrões climáticos, criam recursos energeticamente mais eficientes, desenvolvem a cura para algumas doenças, entre outras questões prementes.

Através do mais recente desempenho por watt e de outros novos atributos que caracterizam o co-processador Intel Xeon Phi, o sector terá uma confiança ainda maior na criação de respostas precisas, ajudará a ir mais além dos laboratórios e universidades no que diz respeito à computação de alto desempenho, atingindo simultaneamente, o máximo de produtividade.

“ O co-processador Intel Xeon Phi representa uma conquista na inovação da Intel que irá ajudar-nos a atingir outros níveis de pesquisa e descoberta, reafirmando também o nosso compromisso com o nível de computação exaescala”, afirma Diane Bryant, Vice-Presidente e Directora Geral da área de Datacenter e Connected Systems do Grupo.

“A combinação da família de processador Intel Xeon com o co-processador Intel Xeon Phi irá alterar o volume e a escala daquilo que as aplicações altamente paralelas podem atingir através da disponibilização de um desempenho sem precedentes, de eficiência e programação. Sendo esta tecnologia uma nova base para o HPC, torna-se cada vez mais possível resolver alguns desafios do mundo real a partir da previsão antecipada (21 dias antes) das condições meteorológicas e desenvolver a cura para determinadas doenças”.

Baseado na arquitectura Intel Many Integrated Core (Intel MIC), os co-processadores Intel Xeon Phi irão complementar as famílias de produto do processador Intel Xeon E5-2600/4600, ajudando-os a oferecer uma performance sem precedentes para aplicações altamente paralelas. A família de processadores Intel Xeon E5 é o mais alto nível da computação de alto desempenho que tem alimentado vários sistemas, listados no Top500, para atingir um desempenho de escala Peta (um quatrilhão de operações do ponto flutuante por segundo). Agora, a Intel acredita que esta forte combinação irá ajudar a abrir o caminho para a computação de exascala que, por sua vez, poderá aumentar mil vezes as capacidades computacionais sobre a Escala Peta, uma vez que os produtos Intel Xeon Phi irão suportar a maior parte do processamento “altamente paralelo”, de forma a ajudar os supercomputadores a elaborar respostas para uma vasta gama de disciplinas técnicas e científicas, tais como investigação geral, exploração de gás e petróleo, bem como gerir modelos climáticos.

Poupar Tempo e Recursos com o Modelo de Programação mais popular do Mundo

O co-processador Intel Xeon Phi tira partido de linguagens de programação familiar, modelos de paralelismo, técnicas e ferramentas de desenvolvimento, disponíveis para a arquitectura Intel. Isto ajuda a garantir que empresas de software e departamentos de TI estejam preparados para uma grande utilização de códigos paralelos sem ter de voltar a formar os fabricantes e equipamentos com modelos de programação específica de aceleração de hardware. Sendo assim, a Intel fornece as ferramentas do software que permitem ajudar cientistas e engenheiros a optimizar os seus códigos de forma a tirar proveito dos co-processadores Intel Xeon Phie, incluindo o Intel Parallel Studio XE e o Intel Cluster Studio XE. As ferramentas permitem a optimização do código e, através da utilização das mesmas linguagens de programação e modelos partilhados pelos co-processadores Intel Xeon Phi e família de produto de processadores Intel Xeon E5, ajudam as aplicações a beneficiar, simultaneamente, de dezenas de núcleos dos co-processadores Intel Xeon Phi e de um uso mais eficiente de segmentos do processador Intel Xeon.

Ao introduzir duas novas famílias de produtos Intel Xeon Phi desenvolvidas com os 22 nanómetros mais avançados da Intel e com os transístores tri-gate 3-D, a Intel introduz a nova família de co-processadores Intel Xeon Phi que garante o desempenho máximo e uma performance por watt para cargas de trabalho HPC altamente paralelas.

A família de processadores Intel Xeon Phi 3100 irá disponibilizar um valor acrescentado para aqueles que necessitam de executar cargas de trabalho que exigem um maior esforço da CPU (CPU bound), tais como aplicações de lifesciences e simulações financeiras. A família Intel Xeon Phi 3100 irá disponibilizar mais de 1000 Gigaflops (1TFlops) com uma performance com o dobro da precisão, suporte para até 6GB de memória a uma largura de banda de 240GB/seg, bem como uma série de recursos de confiança incluído códigos de correcção de erros de memória (ECC). Esta família irá operar num projecto de força térmica (TDP) de 300W.

O co-processador Intel Xeon Phi 5110P fornece um desempenho adicional numa estrutura caracterizado por ter um consumo energético menor, atingindo um desempenho com dupla precisão de 1,011 Gigaflops (1.01 TFlops), e suporta 8GB de GDDR5 a uma maior largura de banda de memória de 30 GB/seg. Com 225 watts TDP, a refrigeração passiva do co-processador Intel Xeon Phi 5110P fornece ainda a eficiência energética ideal para ambientes computacionais mais densos e destina-se a capacidades limite de cargas de trabalho, tais como a criação de conteúdo digital e pesquisa energética. Este processador foi desenvolvido para clientes pioneiros e teve destaque na 40ª edição da lista dos top500.

De forma a disponibilizar acesso primário de clientes como o Texas Advanced Computing Center (TACC) à nova tecnologia do processador Intel Xeon Phi, a Intel oferece adicionalmente produtos personalizados, tais como o co-processador Intel Xeon Phi SE10X e o co-processador Intel Xeon Phi SE10P, que oferecem uma performance de 1073 GFlops com o dobro da precisão a um TDP de 300W, sendo o resto das especificações semelhantes ao co-processador Intel Xeon Phi 5110P.

Utilização do co-processador Intel Xeon Phi por parte da Indústria em Geral e Clientes

Mais de 50 fabricantes já se encontram a desenvolver soluções baseadas nos co-processadores Intel Xeon Phi, incluindo a Acer, Appro, Asus, Bull, Colfax, Cray, Dell, Eurotech, Fujitsu, Hitachi, HP, IBM, Inspur, NEC, Quanta, SGI, Supermicro e Tyan.

O Professor Stephen Hawking e o Cosmos Lab na Universidade de Cambridge tiveram a oportunidade de ter um primeiro acesso à tecnologia do co-processador Intel Xeon Phi, de forma a poderem utilizá-lo no seu supercomputador SGI: “Estou bastante satisfeito que o nosso supercomputador COSMOS da SGI esteja equipado com a mais recente tecnologia multi núcleos da Intel, os co-processadores Intel Xeon Phi”, afirmou Hawking. “Através da flexibilidade e potência do nosso SGI UV2000, podemos continuar a focar-nos na investigação e descoberta, bem como nos esforços líder que temos vindo a desenvolver a nível mundial para continuar a perceber o nosso universo.”

Maioria dos Supercomputadores Listados no Top500 Escolheram a Intel Como Motor do Computador

Mais de 75% (379 sistemas) dos supercomputadores contemplados na 40ª edição da lista do Top500 são alimentados por processadores Intel. Dos sistemas que fazem parte dos primeiros lugares da lista, a Intel está presente em 91%. A edição de Novembro da lista registou sete sistemas baseados em co-processadores Intel Xeon Phi, incluindo a implantação inicial de um sistema TACC “Stampede” (2.66 PFlops, 7º lugar na lista); um sistema de “descoberta” no Centro NASA para Simulação Climática (417 TFlops, #52); Sistema “Endeavour” da Intel (379 TFlops, #57); supercomputador “MVS-10P” no Centro Joint Supercomputer da Academia Russa de Ciências (375 TFlops, #58); Sistema “Maia” no Centro de Investigação NASA Ames (212 TFlops, #117); sistema “SUSU” na Universidade do Estado de South Ural (146 TFlops, #170); e o supercomputador “Beacon” do Instituto Nacional de Ciência Computacionais da Universidade de Tennessee (110 TFlops #253), considerado um dos supercomputadores mais eficientes na lista, e que oferece 2.44 GFlops por watt.

Preço e disponibilidade

O co-processador Intel XCeon Phi 5110P estará disponível a partir do dia 28 de Janeiro com um PVP recomendado de 2.649 dólares. A família de produtos do co-processador Intel Xeon Phi 3100 estará disponível durante o primeiro semestre de 2013, com PVP recomendado abaixo de dos $ 2.000. Para obter mais informações acerca da disponibilidade e preços do co-processador Intel Xeon Phi 5110P.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário