Inquérito KuantoKusta revela tendências de compras online em Portugal

10824
0
Share:

O KuantoKusta efectuou um inquérito através do seu portal relativo às tendências das compras online. O inquérito, desenvolvido pela Two Much em conjunto com a NetQuest, reuniu um total de 1374 entrevistas entre 27 de Maio e 11 de Junho de 2013, tendo demorado em média 11 minutos a cada utilizador para concluir o mesmo.

Os resultados do inquérito apontam para uma crescente utilização da Internet para efectuar compras, uma vez que 56% dos inquiridos afirmaram comprar online uma ou mais vezes por mês. Comparando com o inquérito semelhante efectuado no Verão de 2012, verificou-se um aumento de 40%. A percentagem de inquiridos que nunca realizou uma compra online decaiu para metade – 2,5% no Verão de 2012 e 1,2% neste inquérito.

Quando questionados sobre o aspecto mais relevante associado à compra online, 57,4% dos inquiridos revelaram que o preço mais baixo está por detrás da sua decisão de compra, enquanto 16,4% destacaram a facilidade e rapidez do processo de compra e 14,3% apontaram o reconhecimento do nome da loja online como aspectos igualmente importantes para potenciar a compra.

Quanto aos produtos mais comprados, os participantes no inquérito KuantoKusta colocaram os produtos de informática no topo das suas preferências (76,1%), seguindo-se os telemóveis e GPS (49,1%), produtos de imagem e som (47%) e videojogos (35,6%).

Efectuando um paralelismo com as lojas físicas, o inquérito pretendia saber se a pressão dos funcionários nas lojas físicas afectava a compra. Apenas 27% referiu que sim, mas desses, 80% revelou que essa pressão os motivava a sair da loja sem adquirir o produto.

Segundo o inquérito KuantoKusta, as compras por impulso não são um fenómeno transversal, uma vez que 44% dos inquiridos referiu que faz compras por impulso na loja física, face a 25% no online. Relativamente ao arrependimento de compra, 39% reportam-se a compras efectuadas nas superfícies comerciais enquanto apenas 19% se refere a produtos adquiridos online.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário