Indra realiza a mais ambiciosa instalação tecnológica no âmbito das eleições Municipais Espanholas a 24 de Maio

10296
0
Share:

O Ministério do Interior de Espanha confiou de novo à Indra a implementação tecnológica da captação, transmissão, totalização e difusão dos resultados eleitorais provisórios e definitivos das eleições municipais de Espanha, que têm lugar no dia 24 de maio.

A multinacional vai colocar à disposição do Ministério do Interior as suas tecnologias de transmissão de dados através de terminais móveis e MAE (Mesa Administrada Eletronicamente) para impulsionar de forma conjunta a velocidade, fiabilidade e transparência do escrutínio e facilitar a tarefa das pessoas que colaboram no processo. Para além disto, pela primeira vez, numas eleições de âmbito local, vai ser utilizada uma app para facilitar a difusão de resultados eleitorais a partir de dispositivos móveis.

Nas eleições municipais do próximo dia 24 de maio, será chamado a votar um censo de aproximadamente 34 milhões de eleitores, que vão depositar o seu voto nas mais de 60.000 mesas que vão estar distribuídas em mais de 23.000 colégios eleitorais. A Indra estará ao lado de 4.000 profissionais para prestar apoio ao processo.

Os 21.000 tablets que serão distribuídos nos centros eleitorais – o dobro dos dispositivos móveis usados nas eleições de 2011 – vão facilitar a cobertura de quase 98% do eleitorado na transmissão dos dados de votação desde os colégios eleitorais até ao centro de processamento da informação. A aplicação instalada nos terminais faz controlos de validação e coerência, eliminando tarefas intermédias como a transmissão e gravação de dados no Centro de Contagem da Informação (CRI) e acelerando a entrada de informação no sistema. Reduz ainda os erros derivados da cadeia de transmissão de dados e permite validar na origem os recolhidos nas mesas eleitorais.

A transmissão de dados eleitorais através destes dispositivos proporciona também um serviço integral que engloba a formação de pessoal e todas as tarefas logísticas e de transporte dos terminais móveis necessários. Entre as mais recentes referências destaca-se a sua utilização nas últimas Eleições Regionais na Andaluzia e nas eleições no Parlamento Europeu de 2014.

Informatização de mesas eleitorais e app móvel para consulta de resultados

Este projeto tecnológico inclui também a instalação do sistema de Mesa Administrada Eletronicamente (MAE) da Indra em mais de 3.000 localizações, um número cinco vezes superior ao estabelecido nas eleições de 2011, com 585 instalações. Este serviço permite a automatização das tarefas que os membros das mesas eleitorais devem executar durante a jornada de votação. Vai desde a identificação de eleitores e impressão de documentação gerada na mesa até à elaboração de atas e transmissão dos dados de constituição, participação e resultados.

Esta tecnologia foi já utilizada com grande êxito nas Eleições Gerais de 2008 e 2011, Parlamento Europeu de 2014 e 2009 e Municipais e Autónomas de 2011. No âmbito internacional, foi aplicada nas Eleições Presidenciais de El Salvador em 2014 e nas Eleições Legislativas e Municipais decorridas nesse mesmo país em 2012.

Dentro do vasto leque de soluções, será também posto à disposição dos cidadãos, pela primeira vez numas eleições locais em Espanha, uma aplicação específica que permite acompanhar os resultados eleitorais a partir de dispositivos Android, iOS, Blackberry OS e Windows Phone. A app poderá ser descarregada de forma gratuita a partir das stores oficiais (Google Play e Apple Store) e dispõe de uma navegação simples e muito gráfica que facilita o acesso rápido à informação da área geográfica selecionada com resultados disponíveis para a escala nacional, regional, provincial e local.

Atividade intensiva

Em 2014, a Indra liderou uma intensa atividade no âmbito de processos eleitorais com sucesso, em que mais de 3.000 profissionais da multinacional prestaram apoio tecnológico a dez processos eleitorais de escala nacional em cinco países diferentes, um grande feito a nível mundial: Eleições Presidenciais no Brasil; Eleições para o Senado, Câmara e Parlamento Andino da Colômbia; Eleições Presidenciais de El Salvador (duas voltas); Presidenciais da Colômbia (duas voltas); Parlamento Europeu em Espanha e Eleições Legislativas no Iraque.

Para além do caso de processos eleitorais decorrentes no mesmo dia em diferentes partes do mundo, no passado dia 22 de março a Junta de Andaluzia confiou de novo à Indra a implementação tecnológica para o escrutínio provisório e difusão dos resultados das eleições autonómicas.

Líder em processos eleitorais

A Indra já reúne uma experiência de participação em quase 400 processos eleitorais em todo o mundo com cerca de 4.000 milhões de eleitores abrangidos. A sua experiência de quase 40 anos comprova a capacidade organizativa e técnica para levar a cabo múltiplos projetos, por vezes em simultâneo, com êxito, adaptando-os à normativa de cada país.

A sua oferta engloba soluções e serviços que  incluem todo o ciclo do processo eleitoral: gestão do censo, registo e identificação de eleitores, votação, contagem provisória e definitiva, totalização, difusão de resultados e fornecimento de material eleitoral. A sua vasta experiência internacional também lhe permite oferecer serviços de consultoria eleitoral para dar assessoria e apoio técnico em distintas áreas do processo.

A Indra é pioneira na utilização de novas tecnologias com soluções de Voto Eletrónico, e-Counting, Voto por Internet, Voto Acessível, sistemas Biométricos para o Registo e Identificação de eleitores e ainda de soluções e serviços para a participação dos cidadãos, como a plataforma iPARTICIPA, e de soluções tecnológicas aplicadas à gestão eleitoral, como o uso de soluções móveis ou a adoção nas mesas eleitorais de ferramentas informáticas que facilitem e simplifiquem as suas tarefas (Mesa Administrada Eletronicamente).

Durante os últimos anos, a Indra participou no desenvolvimento de eleições em países como Reino Unido, Noruega, França, Eslovénia, Portugal, Itália, Estados Unidos, Argentina, Colômbia, El Salvador, Iraque e Angola, entre outros, oferecendo todo o tipo de serviços e soluções eleitorais.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário