Indra implementa sistema de gestão de tráfego marítimo do Porto de Southampton

10120
0
Share:

A Associated British Ports  encomendou à Indra um sistema avançado de monitorização e gestão de tráfego marítimo para o porto de Southampton, um dos principais do Reino Unido e um dos mais movimentados a nível mundial. A solução deve entrar em funcionamento ainda este ano.

A multinacional vai dotar o porto com o seu sistema VTS (Vessel Traffic Service) iMare, que vai proporcionar aos operadores do porto um cenário marítimo integrado, baseado em cartas náuticas digitais e padronizadas. A solução dispõe de ferramentas que permitem maior segurança na gestão do tráfego marítimo e a melhoria e automatização de tarefas repetitivas, tais como a tarifação e faturação das entradas comerciais.

O operador vai ter perfeitamente identificado cada navio no seu painel de trabalho, conhecendo a sua localização exacta, carga e rota. Esta posição também integra o sistema de comunicações marítimas, tornando mais fácil o contacto e envio de instruções. A Indra vai ainda instalar quatro novos radares para monitorizar os movimentos das embarcações em todo o porto e proximidades.

O iMare vai permitir a fusão dos dados provenientes dos radares e integra-los com a informação fornecida pelo sistema de posicionamento automático de navios (AIS), pelo sistema digital de chamadas de socorro (DSC) e pelas estações meteorológicas e de maré. Também vai ter acesso e controlo das diferentes camaras colocadas, o que permite uma verificação visual das informações recolhidas pelos sensores.

O novo sistema vai, desta forma permitir uma gestão mais eficiente do maior porto do Reino Unido, em movimentos de exportação/importação no sector automóvel e de cruzeiros e o segundo maior na gestão de contentores.

Com este projecto a Indra conquista a confiança de um dos principais intervenientes no sector, a Associated British Ports – entidade privada que administra 21 portos no Reino Unido, entre os quais Southampton – e reforça a sua posição num país de referência mundial na área.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário