Indra desenvolve plataforma para a gestão inteligente do turismo das rias baixas na Galiza

7832
0
Share:

As mais de 27.000 empresas que se dedicam ao turismo e lazer na província espanhola de Pontevedra têm já à sua disposição uma avançada plataforma tecnológica para facilitar a gestão inteligente dos recursos e a criação de ofertas personalizadas a partir da experiência de cada turista. Os profissionais e empresários do sector podem ligar-se através de uma extranet para editar informação, comercializar produtos e criar eventos sociais a partir de qualquer local e os turistas podem aceder a um serviço completo personalizável que é monitorizado em tempo real.

A plataforma inclui um novo portal de promoção e comercialização do destino turístico das Rias Baixas (www.turismoriasbaixas.com), que se encontra também disponível em Português e está a ser desenvolvido pela multinacional de consultoria e tecnologia Indra, sob a orientação da Delegação de Pontevedra e da Escola de Organização Industrial (EOI). Esta iniciativa integra-se no projecto “Pontevedra, Destino Inteligente”, uma experiência piloto em Espanha que conta com o financiamento da União Europeia e tem como objectivo modernizar e melhorar a competitividade do sector turístico através das TICs.

A sua vantagem diferencial face a outros portais de turismo é a sua capacidade de entender o que pode precisar ou procurar o turista. A plataforma integra o conhecimento que vai sendo adquirido pelo utilizador enquanto navega por ela, com dados, informação e serviços que oferece. Este processo é possível graças a uma plataforma tecnológica desenhada pela Indra que incorpora avançadas tecnologias de CXM (Customer eXperience Management), que guarda os dados gerados pelos turistas no uso e personalização do portal e aplicações móveis, assim como ferramentas de Business Analytics, que facilitam a exploração de toda a informação fruto da interacção dos viajantes com os profissionais do sector (grau de interesse dos conteúdos e serviços, recursos mais procurados ou pacotes turísticos mais atractivos, entre outros).

Auto-gestão da informação e reputação online

Outra das grandes novidades é a incorporação de um sistema de gestão de recursos turísticos que permite aos proprietários de empresas ou estabelecimentos (agências, hotéis, albergues, restaurantes, adegas, etc.) manter e atualizar diretamente a informação que se publica no portal sobre disponibilidade, promoções ou ofertas de “último minuto”. Esta informação será também difundida de forma automática e em tempo real para as plataformas de reservas e comercialização com que colaborem. O sistema de gestão incorpora ainda uma ferramenta que permite aos profissionais publicar informação nas redes sociais e conhecer a reputação online dos diversos estabelecimentos e empresas.

A mobilidade e realidade aumentada estão também integradas no portal da plataforma. Para além de facilitar o acesso a conteúdos através de todo o tipo de dispositivos móveis (PC, tablet, smartphone), está previsto para breve a operacionalização de três aplicações móveis específicas: a primeira, optimiza e facilita a consulta e uso dos recursos e serviços que compõem o próprio portal, outra, baseia-se na tecnologia de realidade aumentada, para facilitar a exploração e conhecimento dos recursos das Rias Baixas por parte dos turistas a partir da sua localização; e uma terceira, dirigida a profissionais, para que possam gerir a informação dos seus estabelecimentos a partir de qualquer lugar. Os mais de 5.000 recursos turísticos incluídos na plataforma estão geo-referenciados, o que facilita a sua localização a partir de dispositivos GPS ou aplicações integradas nos smartphones.

O arranque do projeto, trará aos turistas uma informação de maior qualidade e irá ajudá-los a melhor a planificação das suas viagens, ao contarem com um espaço pessoal para armazenar todos os pontos de interesse ou opinar sobre eles. Adicionalmente, podem usufruir de todas as vantagens de integração com dispositivos móveis e poderão analisar, no mesmo espaço e de forma homogénea, informação de interesse turístico e dos próprios estabelecimentos (serviço completo do destino).

Com este projecto, a Indra aposta no desenvolvimento de soluções turísticas integrais (Smart Tourism) para dar resposta às necessidades das administrações e cidadãos ao agilizar a construção de serviços turísticos. A Indra amplia assim a sua proposta de valor Smart de onde se destaca Sofia2 como solução própria para a gestão de Internet of the Things (IoT) e Big data.

As Rias Baixas, na Galiza, são actualmente o quinto destino turístico em Espanha, com quase dois milhões de visitantes anuais (PT) e gera 40.000 postos de trabalho directos e indirectos. Segundo dados de 2012 do Turismo Espanhol, cerca de 500.000 portugueses visitaram a região da Galiza, o que torna relevante para milhares de portugueses a existência desta avançada plataforma tecnológica que possibilita que a sua visita à região seja uma experiência turística mais completa e personalizada.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário