IBM: Utilizar energias renováveis de modo mais eficiente

8536
0
Share:

A IBM anuncia hoje que acaba de se juntar a um consórcio suíço que será pioneiro a gerir e a tirar o máximo partido de uma rede inteligente na área das energias renováveis. Este projeto piloto denominado Flexlast vai usar os armazéns refrigerados da maior cadeia de supermercados na Suíça, a Migros, como buffers para ajudar a equilibrar as flutuações de energia solar e eólica disponíveis na rede, fazendo uso de sensores, dados em tempo real e analítica.

O projeto consiste em colocar as unidades de ar condicionado do armazém a trabalhar em alta potência, utilizando energia eólica ou solar quando existem condições atmosféricas para tal, ou a funcionar lentamente quando a energia renovável não está disponível, aliviando assim a pressão sobre a rede. Estas medidas permitirão que a rede se torne mais adaptável, mais inteligente e flexível, reduzindo os custos com a energia.

Este trabalho poderá significar um avanço extraordinário na área das utilities, ao possibilitar um aumento no uso de fontes renováveis de energia por parte das empresas do setor energético, um equilíbrio das cargas de rede, uma redução de falhas e, no final, a construção de uma rede inteligente sofisticada que será capaz de gerir os requisitos de energia no futuro.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário