IBM investe 200M de dólares na Europa para consolidar a liderança no mercado global de IoT

39336
1
Share:

A IBM anuncia hoje um investimento de 200 milhões de dólares na unidade de negócio Watson IoT, sediada em Munique, o lançamento novas capacidades no campo da Internet of Things relacionadas com tecnologia Blockchain e segurança, e ainda novas parcerias estratégicas com clientes em todo o mundo que estão já a tirar partido da tecnologia Watson IoT e de milhões de sensores incorporados em máquinas, carros, aviões, drones, e outros equipamentos.

Como parte de um investimento global de 3 mil milhões de dólares para adicionar as capacidades do Watson e da computação cognitiva à Internet of Things, a IBM destinou mais de 200 milhões para a sua sede Watson IoT, em Munique. O investimento, um dos maiores de sempre da Companhia na Europa, surge como resposta à crescente necessidade dos clientes em transformarem as suas operações usando uma combinação de tecnologias de IoT e inteligência artificial. Atualmente a IBM tem 6.000 clientes em todo o mundo que estão já a trabalhar em soluções e serviços Watson IoT. Há oito meses eram 4.000.

A sede Watson IoT será a casa do primeiro Cognitive IoT Collaboratory – laboratório onde clientes e parceiros podem trabalhar em conjunto com mais de 1000 investigadores, engenheiros, programadores e consultores da IBM sediados em Munique, para impulsionar a inovação em indústrias como a automóvel, eletrónica, produção, saúde ou seguros. E ainda aplicar novos conceitos e tecnologias para a implementação de soluções na área da Internet of Things; desenvolver e testar novos modelos de negócio, soluções e serviços e ir ainda mais além do que hoje é possível.

“A IBM está a fazer grandes avanços para assegurar que empresas de todo o mundo sejam capazes de tirar partido deste incrível período de transformação tecnológica e desenvolvimento de novos produtos e serviços que estamos a viver e que realmente mudará a vida das pessoas”, disse Harriet Green, Global Head IBM Watson IoT. “A Alemanha está na vanguarda da Indústria 4.0 e ao convidarmos os nossos clientes e parceiros a se juntarem a nós em Munique, estamos a disponibilizar o nosso talento e as nossas tecnologias para ajudar a cumprir a promessa da Internet of Things e a estabelecer um foco global na inovação colaborativa”.

Parcerias de sucesso com o Watson IoT

Empresas de todo o mundo continuam a demonstrar resultados através das soluções Watson IoT. São o caso da Schaeffler, da Aerialtronics e do Thomas Jefferson University Hospital.

Schaeffler, uma grande empresa alemã e um dos principais fornecedores automóveis e industriais do mundo, assinou um acordo de parceria estratégica com a IBM para acelerar a transformação digital das suas operações usando a inteligência cognitiva do Watson e os dados de milhões de sensores . O objetivo da Schaeffler é ser cada vez mais flexível, tomar decisões mais rápidas e otimizar o desempenho do equipamento no terreno, de forma a tornar-se no fabricante líder mundial de soluções cognitivas que permitem manter o mundo em movimento.  VÍDEO

A Aerialtronics, um produtor de sistemas aeronáuticos não tripulados, anunciou os primeiros drones comerciais com capacidades cognitivas tirando partido da Plataforma IBM Watson IoT na IBM Cloud. Os aparelhos Aerialtronics conseguem fornecer serviços de inspeção de alta qualidade, desde a monitorização de padrões de tráfego na cidade, à inspeção de turbinas eólicas ou de plataformas de petróleo, ou a otimização de antenas de telecomunicações. Agora, em vez de escalar postes ou antenas, através de câmaras de alta definição e da analítica de reconhecimento visual do Watson, é  possível ter uma visão a 360º e imediatamente compreender o que as imagens estão a captar. VÍDEO

O Thomas Jefferson University Hospital, uma unidade de saúde em Filadélfia, nos EUA, com perto de 1.000 camas, está a trabalhar com a IBM para lançar  salas cognitivas que, através das soluções IBM Watson IoT, melhoram a experiência do paciente e ajudam a oferecer um atendimento altamente personalizado, ágil e consciente. Com a capacidade de interagir com os doentes, o  quarto, que está conectado à plataforma IBM Watson IoT, dá-lhes  a possibilidade de terem o controlo remoto sobre as luzes, as cortinas da janela, ou fazerem perguntas sobre as instalações hospitalares ou mesmo sobre a equipa médica.

Novas ofertas Watson IoT

A IBM está também a anunciar uma série de novas soluções de IoT:

Watson IoT e Blockchain: Uma nova capacidade que relaciona os dados da Internet of Things com a tecnologia Blockchain através da plataforma IBM Watson IoT. As empresas podem agora partilhar a informação gerada pela IoT a partir de soluções Blockchain seguras e privadas, ajudando a reduzir custos e complexidades nos vários processos de negócio, através de uma rede de pessoas e bens.

Soluções e Serviços de Segurança: Um novo conjunto de soluções e serviços de segurança para a área da Internet of Things que ajuda as empresas a identificarem proativamente potenciais riscos e a protegerem os seus dispositivos de falhas e intrusões.

Interface em Linguagem Natural: Novas ofertas que permitem que os clientes desenvolvam novos interfaces de voz – em casas, carros, lojas, hotéis e escritórios. Por exemplo, a Local Motors usa um interface em linguagem natural alimentado pelo IBM Watson para o Olli – um dos primeiros veículos autónomos do mundo capazes de uma interação em linguagem natural com os passageiros que transporta.

De facto, a liderança da IBM na área da Internet of Things foi recentemente destacada por um estudo da IDC que teve por base entrevistas a mais de 4.500 decisores e líderes de negócio em 25 países, o Global Decision Maker Survey.

Share:
Patricia Fonseca

1 comentário

Deixe uma resposta