16005 0

IBM disponibiliza Software e Serviços Cloud baseados em Open Standards

A IBM anunciou numa conferência para clientes e parceiros em Las Vegas que todos os seus serviços e software em modelo Cloud passarão a ser baseados em arquiteturas abertas (Open Cloud). Esta visão irá garantir que a inovação em cloud computing não será prejudicada por soluções pouco seguras e difíceis de gerir. Sem esta mudança no setor, as empresas não serão capazes de tirar o máximo partido das oportunidades associadas à interligação de dados e de sistemas, como são exemplo o mobile computing e o business analytics.

Como primeira medida, a IBM acaba de anunciar uma nova oferta de Cloud privada com base no software de código aberto OpenStack, que acelera e simplifica significativamente a gestão de uma cloud de classe empresarial. Agora, as empresas passam a ter à sua disposição um conjunto de tecnologias de código aberto que permite a construção de serviços de cloud empresarial suportados e integráveis em ambientes de Hybrid Cloud.

“A História já fez questão de mostrar que o software de código aberto é um importante estímulo à inovação”, defendeu Robert LeBlanc, vice-presidente de Software da IBM, durante a conferência. “Assim como revolucionou a Web e o Linux, tem também um enorme impacto sobre o cloud computing. A IBM tem estado na vanguarda da defesa de Open Standards e volta a fazê-lo. Os grandes vencedores serão os clientes que não estarão mais presos a um fornecedor, mas que, pelo contrário, poderão escolher a melhor plataforma com base no conjunto de recursos que respondam às suas necessidades”.

Baseada nos requisitos dos clientes, a nova solução de software, denominada IBM SmartCloud Orchestrator, proporciona às empresas maior flexibilidade, removendo a necessidade de desenvolver interfaces específicas para diferentes tipologias e topologias de ambientes cloud. Com o novo software, as empresas conseguem rapidamente combinar e implementar diversos serviços cloud sobre a infraestrutura cloud, alinhando os recursos de computação, de storage e de rede com uma interface gráfica única e fácil de usar.

A IBM anunciou também de anunciar novas versões de software que utilizam Open Standards para ajudar as empresas a gerir, monitorizar e controlar melhor as suas clouds empresariais. Por exemplo, o IBM SmartCloud Monitoring Application Insight, alojado em plataformas de cloud pública e na SmartCloud IBM, ajuda as empresas a controlar de forma efectiva a disponibilidade e desempenho em tempo real dos serviços empresariais.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Tráfego Mundial de Dados de Internet Móvel vai crescer 13 vezes

De acordo com o estudo Cisco Visual Networking Index (VNI) Global Mobile Data Traffic Forecast 2012 a 2017, o tráfego mundial de dados móveis vai crescer 13 vezes

SUSE e Huawei apresentam nova solução para SAP

A SUSE e a Huawei estão a colaborar para incluir o SUSE Linux Enterprise Server como sistema operativo da sua nova solução para SAP HANA. A combinação do SUSE

QlikTech e Teradata fecham parceria

A QlikTech Business Intelligence e a Teradata, fecharam uma parceria para oferecer ao mercado a capacidade de combinar dados integrados em memória QlikView com Armazéns de Dados Integrados

Estudo da Xerox: Consumidores acreditam que os serviços de informação vão ser gratuitos em 2025

Um recente estudo da Xerox ‒ designado “State of Customer Service”‒ demonstra que cerca de metade (49%) dos consumidores acredita que não vão ter de pagar por serviços

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *