Grupo Impacting alcança top de empresas portuguesas mais internacionais

20328
0
Share:

O grupo português Impacting, composto pelas empresas Adclick, Emailbidding, Adclick Brasil, Smarkio, alcançou uma faturação consolidada superior a 8 milhões de euros no período 2015. A maior empresa do Grupo – a ADCLICK fechou o ano com 72% provenientes de exportações. Já o grupo como um todo, conseguiu uma taxa de exportação de 55%. Estes resultados garantem ao Grupo figurar no top de empresas nacionais mais internacionais pelo Ranking de Internacionalização das Empresas Portuguesas (RIEP), estudo promovido pelo INDEG-ISCTE Executive Education, em colaboração com o Núcleo de Estratégia e Negócios Internacionais da Fundação Dom Cabral e apoio da AICEP.

Com sede no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC), o Grupo Impacting presta serviços para mais de 30 países, com particular enfoque nos mercados europeu e brasileiro, onde oferece soluções de marketing digital e IT. Com mais de 130 colaboradores, em 2017 espera um crescimento de 30% com aposta no mercado internacional, reforçando a sua veia exportadora.

Ana Silva, CFO do Grupo Impacting, refere que “Figurar ao lado das principais empresas e grupos nacionais é um orgulho tremendo e vem destacar o trabalho desenvolvido por todo o Grupo, que oferece diariamente as melhores soluções digitais aos seus clientes, não só em Portugal mas, cada vez mais, em todos os países onde estamos presentes. O nosso rápido crescimento, ano após ano, premeia também a confiança em nós depositada pelos nossos clientes e dá-nos a responsabilidade de continuar a responder aos desafios que a internacionalização coloca.”

A terceira edição do RIEP, aconteceu a 3 de Novembro no Espaço Tejo, em Lisboa, onde foi apresentada a classificação geral das empresas participantes do RIEP 2016, consoante o seu índice de Transnacionalidade. O RIEP é um instrumento de medição do desempenho e de disseminação das práticas adotadas pelas empresas portuguesas, na conceção e implementação das suas estratégias internacionais. Anualmente, o RIEP centra-se num tema específico ligado à internacionalização das empresas, sendo que nesta terceira edição o foco esteve no processo de decisão na internacionalização das empresas portuguesas, no que respeita ao grau de autonomia das subsidiárias no processo de tomada de tomada de decisões.

Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário