52186 0

GRENKE cresce 14% em volume de equipamentos financiados

A Grenke Portugal, recentemente distinguida pelo estudo Índice da Excelência com o 1º lugar no Ranking no setor da Banca, Seguros e Serviços Financeiros e com o 7º lugar no Ranking Geral de Pequenas Empresas, encerra o ano de 2016 em crescimento.

No que concerne ao número de equipamentos financiado, registou-se um crescimento (14%), o que equivale a um volume de contratos celebrados superior a 43 milhões de euros. Assim, e no total de empresas financiadas contabilizam-se 5.268, o que representa um incremento de 4% face a 2015.

Para André Mesquita, sales diretor da Grenke Portugal, «2016 foi novamente um ano de crescimento mas também de sustentabilidade do nosso negócio. Continuamos a apostar nos nossos serviços e a dispor das melhores soluções para apoiar diariamente os nossos clientes. Queremos fazer sempre mais e melhor e penso que isso se reflete depois no nosso crescimento ao longo dos anos.»

A nível de contratos celebrados pela Grenke Portugal, o número de 6.357 equivale a um crescimento, face a 2015, de 2%, sendo que, conforme sublinha o sales diretor «a previsão para 2017 é para um aumento na ordem dos 5%».

 Quanto às rendas faturadas, a Grenke assinalou em 2016 um valor de mais de 50 milhões de euros, significando um crescimento de 1,2% face a 2015. Para este ano a antevê-se um aumento de 5%.

 André Mesquita salienta também que «as áreas de maior crescimento envolvem a área de IT em geral a crescer 15,6% com particular incidência nas áreas de SW (20%) e Servidores, e HW (50%). De realçar, ainda o crescimento na área de equipamentos médicos a crescer 88%.»

 Para 2017, André Mesquita refere que «as perspetivas da Grenke são apostar no reforço de equipas nas ilhas da Madeira e dos Açores, no reforço da equipa de direct sales e continuar a reforçar a nossa incidência nas áreas de equipamentos médicos, equipamentos industriais e eficiência energética, dando óbvia preponderância ao canal de IT como temos feito até agora.» 


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Infor Anuncia Oferta Cloud para a Indústria de Equipamento

A Infor acaba de anunciar uma oferta baseada na cloud da sua suite de aplicações para a indústria do equipamento. Implementar aplicações Infor na cloud irá ajudar as empresas

Konica Minolta encoraja empreendedores de toda a Europa

A Konica Minolta Europa patrocina o Pioneers Festival, um dos mais importantes festivais de tecnologias da Europa que decorre em Viena, Áustria, de 29 a 31 de outubro.

PARITY é o primeiro marketplace Português de investimentos sustentáveis

Já está disponível o primeiro marketplace de investimentos sustentáveis em Portugal em www.goparity.com. Ao ligar as organizações que apostam na sustentabilidade com investidores e os melhores instaladores do

Opensoft ultrapassa barreira dos 4 milhões de euros em 2016

A Opensoft atingiu um volume de negócios superior a 4 milhões de euros (4.058.000€). Para este resultado contribuiu o reforço do posicionamento nos setores da Administração Pública Central,

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *