GMV abre filial na Malásia

9944
0
Share:

A GMV acaba de formalizar a constituição de uma nova filial na Malásia que, além do mercado Malaio, servirá toda a região ASEAN (Associação das Nações do Sudeste Asiático).

Os projectos que a GMV tem desenvolvido nessa região, especialmente nos sectores aeroespacial e de transportes, e os importantes clientes que ali detém, tornaram necessária uma presença mais estável. A nova filial está situada em Kuala Lumpur, a maior cidade da Malásia.

A relação da GMV com a Malásia teve origem em 2007, ano em que a empresa instalou com sucesso o focusGEO (software operacional de dinâmica de voo para satélites geoestacionários) no centro de controlo do Measat em Cyberjaya, perto de Kuala Lumpur. Posteriormente, em 2012, a GMV assinou um novo contrato para o fornecimento do sistema de controlo em Terra do Measat 3b, que incluía o sistema de processamento em tempo real de telemetria e comando baseado em hifly, o sistema de dinâmica de voo baseado na focusSuite, assim como o sistema de monitorização e controle dos equipamentos terrenos, magnet. Por outro lado, a GMV e a empresa local ATSB vêm desenvolvendo desde 2008 a rede costeira DGPS de ajuda à navegação marítima, um projecto que resultou de um concurso público internacional. No entanto, foi em 2010 e 2013 que a GMV alcançou dois marcos fundamentais para o estabelecimento da empresa na Malásia: a adjudicação do novo sistema de controlo de frotas na cidade de Putrajaya e a adjudicação do Sistema de Gestão Integral do Transporte para o operador Rapid Kuantan, da cidade de Kuantan. A estes projetos na Malásia, acresce em 2012, a implementação do sistema de controlo de frotas e informações aos passageiros de Transjakarta, operador do BRT urbano (Bus Rapid Transit) da cidade de Jacarta, capital da Indonésia.

A Malásia vem juntar-se à recente filial na Índia, concretizada no final do ano passado. A sede situa-se no centro financeiro de Saket, no sul de Nova Deli, capital da índia.

A GMV começou a operar na Índia em 2005, no âmbito das suas acções de análise de mercado e em 2010 liderou, em Ahmedabad, o desenvolvimento, implementação operação e manutenção do sistema de gestão integral de transportes (ITMS-Intelligent Transportation Management System). Ao longo destes anos a GMV realizou igualmente um projecto com a Raytheon Company para inclusão de melhoramentos no receptor dos utilizadores do programa GAGAN (Global Positioning Satellite-Aided Geosynchronous Augmented Navigation System) desenvolvido pela Agência Espacial Indiana (ISRO) e Airports Authorithy of Índia (AAI). Além disso, a GMV manteve-se activa no sector TIC onde tem como clientes alguns dos principais bancos públicos e privados da Índia, assim como o mercado indiano da Defesa. Também o seu software de dimensionamento da electrificação ferroviária (SIMTREN) foi utilizado para concepção do metro de Deli.

De acordo com Alberto de Pedro Crespo, Director Geral da GMV em Portugal, “A constituição de ambas as filiais – Malásia e Índia – permitirá à GMV estreitar relações com os seus parceiros tecnológicos e com outros agentes situados na região ASEAN e no subcontinente Indiano. De igual modo permitirá explorar novas oportunidades de negócio na região em sectores como o aeroespacial, transportes, segurança, saúde ou TI, tendo gerado já oportunidades para exportações a partir de Portugal.”

Com escritórios na Alemanha, Colômbia, França, Espanha, Estados Unidos, Índia, Malásia, Polónia, Portugal e Roménia, a GMV opera em mercados tecnologicamente avançados, sendo uma referência internacional em sectores que vão desde o Espaço até aos sistemas inteligentes para os Transportes, Segurança ou para as TIC.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário