Gatewit eleita a Melhor Empresa para Trabalhar pelo Quinto ano Consecutivo

13376
0
Share:

A Gatewit, tecnológica 100% portuguesa, foi reconhecida pelo quinto ano consecutivo como uma das Melhores Empresas para Trabalhar em Portugal, de acordo com o estudo realizado pela revista Exame, em parceria com a consultora Accenture, conquistando o 2º lugar entre as empresas tecnológicas e o 8º lugar no ranking global.

A Gatewit é reconhecida por ter um ADN único, uma cultura de partilha e de envolvimento de todos os seus quadros na estratégia e no crescimento da empresa e um ambiente baseado na ética, confiança e transparência. O ano 2014 ficou marcado pelo incentivo à natalidade e apoio à família, com o reforço de parcerias e benefícios para os colaboradores.

Atualmente, a Gatewit tem 116 colaboradores em Portugal, distribuídos por vários projetos nacionais e internacionais como Desenvolvimento e Implementação de soluções, Consultoria, Apoio ao Cliente, entre outras Operações. A progressão na carreira e as oportunidades de crescimento dentro da empresa são resultado de uma política de meritocracia, com igualdade de oportunidades para todos os colaboradores da Gatewit.

Carla Carvalho, Diretora de Recursos Humanos da Gatewit acredita que “com maior liberdade conseguimos maior responsabilidade e produtividade. É com um enorme orgulho que recebemos a distinção atribuída pela revista Exame em parceria com a Consultora Accenture, não só pelo prémio em si mas pelo reconhecimento do valor que a Gatewit coloca no capital humano.” Carla Carvalho refere ainda que “este prémio vem distinguir a nossa aposta nas melhores práticas de gestão do capital humano. Trabalhamos diariamente para reforçar o grau de compromisso dos colaboradores e este prémio é o reconhecer desse empenho e dedicação.”

A Gatewit encontra-se neste momento a recrutar novos colaboradores, com um total de 34 vagas em aberto em áreas como o desenvolvimento e implementação de soluções ou a gestão de cliente. Todas as oportunidades podem ser consultadas aqui.

 

 


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário