Fundação Altran lança segunda edição do prémio tecnologia e inovação

8624
0
Share:

A Fundação Altran para a Inovação em Portugal inicia hoje, 2 de Setembro, o processo de candidaturas para a competição nacional, em tecnologia e inovação, com o tema ‘Inovar por um mundo mais sustentável’. O objectivo é promover e premiar projectos de inovação tecnológica que sejam, na sua génese, sustentáveis, ou seja, tenham como finalidade satisfazer as necessidades dos seres humanos, sem comprometer o futuro das gerações vindouras.

Na última edição o vencedor do prémio nacional também conquistou o galardão internacional da Fundação Altran para a Inovação. Desenvolvido pela IS2you, spin-off da UBI – Universidade da Beira Interior, o projecto Wi-Go consiste num carrinho de compras « inteligente » que acompanha pessoas com mobilidade reduzida, idosos, grávidas e pais com carrinho de bebé ou crianças, de forma autónoma e segura, através de uma tecnologia avançada que incorpora câmara, software de reconhecimento de imagem e sensor.

«As expectativas para a edição deste ano estão muito elevadas. Depois de, no ano passado, termos tido o privilégio e a honra de ver uma equipa de investigadores Portugueses vencerem a competição internacional, entre um total de 108 projectos de sete países europeus, queremos voltar a ter candidaturas de excelência e que demonstrem o grande potencial de inovação e criatividade que existe no nosso país», defende Marida da Luz Penedos, Directora de Marketing e Comunicação da Altran Portugal.

A Altran, enquanto impulsionadora da inovação tecnológica, considera que o conceito de sustentabilidade se prende com o desenvolvimento material e económico, sem entrar em conflito com o meio ambiente. Nesse sentido, a mudança nos valores e a criação de tendências é fundamental para se garantir uma inovação sustentável. Assim, a Fundação Altran procura projectos inovadores que se englobem nas três dimensões da sustentabilidade – Social, Económica e Ambiental – e suportem o desenvolvimento sustentável em áreas como as « Energias Renováveis », « Preservação, Controlo e Segurança Ambiental », « Smart Cities » e « Produção Alimentar – Biológica e Orgânica ».

Promovido anualmente pela Fundação Altran, a competição acontece pela segunda vez em Portugal, com um tema próprio para o nosso país. O vencedor nacional ganha 6 meses de apoio dos especialistas da Altran para desenvolver o seu projeto e participa, ainda, na final internacional. O júri da edição 2013 é composto por cinco especialistas internacionais independentes, de reconhecido mérito enquanto líderes de inovação : Eng.º Alberto Barbosa – Administrador da EFACEC; Eng.º Ângelo Ramalho – Presidente da Alstom Portugal ; Eng.º João Araújo – Presidente da Thales Portugal ; Eng.º João Trigo da Roza – Presidente da Associação Portuguesa de Business Angels; e Eng.º Luís de Matos – Fundador da IS2You e Vencedor do Prémio da Fundação em 2012.

As candidaturas podem ser individuais ou em equipa, pessoas de todas as nacionalidades e de todos os tipos de estrutura operacional em estreita colaboração com Portugal, bem como escolas, universidades, empresas privadas, associações e centros de pesquisa públicos ou privados. O prazo de candidaturas termina à meia-noite do dia 31 de Outubro de 2013. Os candidatos devem enviar o formulário de candidatura via e-mail para premioportugal@altran-foundation.org e, também, o Acordo de Comunicação – disponível no site – por email e assinado, antes de 31 de Outubro. Toda a informação e documentação necessária está disponível em http://pt.altran-foundation.org/.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário