Fujitsu Impulsiona Transformação Digital na Finlândia com Projecto ‘Apotti’ para Serviços de Prestação de Cuidados de Saúde

17512
0
Share:

A Fujitsu foi seleccionada para criar um registo unificado de pacientes dos serviços de saúde e um sistema ERP na zona de Helsínquia, como parte de um grande projecto de transformação digital chamado ‘Apotti’. A empresa está a apoiar esta ambiciosa iniciativa através do fornecimento de serviços de managed infrastructure Platform as a Service (PaaS) alargadas, para assegurar a disponibilidade e segurança do sistema Apotti.

O projecto Apotti resulta da cooperação entre os municípios de Helsínquia e das suas áreas periféricas de Vantaa, Kirkkonummi e Kauniainen, e o centro hospitalar de Helsínquia e Uusimaa (HUS). O seu objectivo é criar um programa de prestação de cuidados de saúde unificado que gira os registos dos pacientes e os dados clínicos, para permitir que a região adopte um modo de prestação de cuidados de saúde mais baseado em dados e provas. A Apotti também irá agilizar e simplificar a infra-estrutura TI existente na região, substituindo a maioria dos sistemas actualmente usados por um único sistema Apotti quando o mesmo estiver a funcionar em pleno no final de 2018.

O novo sistema irá melhorar a qualidade dos cuidados na região através da eliminação das desconexões entre os serviços de prestação de cuidados de saúde e os serviços de segurança social. Profissionais de saúde nos 29 hospitais da zona, dos 40 postos de saúde e dos 50 gabinetes de segurança social vão ter acesso à mesma informação em tempo real dos pacientes, o que lhes permitirá coordenar de forma mais eficaz o apoio a idosos, crianças ou pessoas com doenças mentais ou problemas de dependência de substâncias. Os cerca de 1,6 milhões de residentes na região – cerca de 30 por cento da população da Finlândia – irão beneficiar não só de um acesso melhorado a cuidados de saúde, mas também de serviços online como a confirmação de consultas ou o pedido de renovação de receitas.

Hannu Välimäki, Director Executivo da Oy Apotti Ab, afirmou: “Este projecto é o primeiro do seu género, o que significa que pudemos desenhá-lo de raiz, com base na melhor combinação possível de tecnologias, sem termos de nos preocupar com a infra-estrutura legada. A Fujitsu fornece não só um modelo de infra-estrutura que nos dá a melhor relação possível entre preço e flexibilidade, como também os mais elevados níveis de disponibilidade e segurança, que são cruciais para um sistema de prestação de cuidados de saúde eficiente. Prevemos melhorias significativas nos cuidados como resultado da integração dos múltiplos sistemas de saúde da região e estamos confiantes de que temos os alicerces certos para a infra-estrutura, tanto para o lançamento como para escalar, uma vez que o Apotti deverá vir a abranger novos municípios na zona de Uusimaa.”

O portfólio de managed services da Fujitsu foi feito para fornecer às organizações uma infra-estrutura TI robusta mas ágil, que lhes permite optimizar os seus orçamentos para tecnologia através da eliminação da necessidade de implementar e manter o seu próprio equipamento de infra-estrutura. As soluções são criadas através da co-criação com os clientes – ou seja, trabalhando de perto com eles para perceber as suas necessidades específicas actuais e futuras de modo a desenhar e implementar a solução mais adequada. A implementação de infra-estrutura dedicada Apotti inclui um extenso portfólio de serviços Fujitsu, incluindo Platform as a Service (PaaS), Infrastructure as a Service (IaaS), monitorização e serviços de suporte TI, além de serviços de segurança avançados para proteger os dados sensíveis na área da saúde.

Conway Kosi, Vice-Presidente Sénior e Responsável pelos Serviços de Infra-estruturas Geridas da Fujitsu EMEIA, comentou: “Os nossos serviços dedicados de managed infrastructures estão desenhados para garantir a máxima fiabilidade e flexibilidade ao Apotti por um custo mensal previsível. Ao permitir que a Fujitsu implemente e gira a sua infra-estrutura, a Oy Apotti Ab fica liberta para se concentrar na prestação dos melhores cuidados de saúde possíveis aos seus utilizadores, em vez de gerir a tecnologia que usa. Nós inovamos e desenvolvemos os nossos serviços continuamente, o que significa que o sistema Apotti terá sempre ao seu dispor os melhores serviços e infra-estruturas.”

A implementação do contrato de managed services com a Apotti já começou e a disponibilidade total do sistema unificado de registo de pacientes do serviço de saúde está prevista para finais de 2018.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário