Freelancer.pt aponta às novas oportunidades de emprego

37224
0
Share:

A Freelancer.pt divulgou hoje um conjunto de novas e sofisticadas funcionalidades em português que irão permitir a criação de centenas de novos negócios e trabalhos para o mercado nacional.

Esta notícia surge após a Freelancer.pt anunciar um crescimento exponencial de 116% no último semestre. A empresa espera agora que as novas funcionalidades multilíngues possam acelerar a taxa de crescimento ao longo do próximo ano, sendo expectável alcançar os 300% já no próximo ano.

Com 8 milhões de utilizadores já registados no Freelancer e disponível em 240 países, a nova plataforma em português permitirá criar o maior mercado online de negócios neste idioma. Isto ajudará qualquer pessoa com uma ideia de negócio a torná-la realidade de uma forma instantânea, além de auxiliar os freelancers portugueses a encontrar trabalho junto de toda a comunidade Freelancer.

A inclusão das funcionalidades emfreelancer.jpg português, surge após o aumento de registos de freelancers portugueses na versão inglesa do Freelancer e pela necessidade de criar soluções para a criação de negócio em Portugal. A forte cultura empresarial e o aumento significativo da taxa de desemprego foram outras das razões para o desenvolvimento da plataforma em português.

Funcionando à semelhança do portal eBay, o Freelancer disponibiliza serviços e ofertas de trabalho a quem procura melhorar o seu negócio. Dinamizar o sector das start-ups em Portugal, tornando todo o processo mais simples para os novos empresários que procuram trabalhos em regime de outsourcing, é um dos objectivos dos responsáveis da Freelancer. Colocar as empresas em contacto com os freelancers portugueses e permitir que os mesmos divulguem e promovam os seus serviços a outras empresas espalhadas por todo o mundo, permitirá revolucionar a forma como os portugueses fazem negócios.

Trabalhar no que quiser, quando quiser e onde quiser! O estilo de vida de um freelancer parte desta premissa e oferece uma flexibilidade de trabalho incomparável.

Para os freelancers, o registo é gratuito, bem como concorrer a qualquer solicitação. A Freelancer só cobra quando o negócio é fechado, cobrança essa que atinge no máximo 10% nos casos de concursos com maior sucesso. Aos membros Gold é apenas cobrada um taxa de 3% e em ambos os casos a cobrança só é realizada quando existe uma transação de dinheiro.

Um estudo lançado recentemente em conjunto com as novas funcionalidades mostra que existiu um aumento do comércio eletrónico em Portugal na ordem dos 36% só nos últimos 12 meses. No mesmo, praticamente todos os entrevistados afirmaram que recorreram ao online por ser menos dispendioso e mais simples de iniciar um negócio, ao passo que 76% das respostas obtidas revelam que estas novas funcionalidades destinadas às empresas portuguesas tornam ainda mais simples todo o processo de criação de um negócio.

Segundo o Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico, desenvolvido em parceria pela ACEPI e Netsonda, através de um inquérito online desenvolvido este mês de Junho de 2013, 64% dos sites nacionais afirma ter aumentado o volume de vendas em comparação com o 4º trimestre de 2012. A expectativa de que o “site vai acelerar o ritmo de crescimento das vendas” registou neste primeiro trimestre de 2013 uma subida acentuada relativamente ao trimestre anterior. Neste capítulo e segundo o estudo da Forrester, o crescimento na Europa será mais acentuado com Espanha a liderar com uma perspetiva de crescimento na ordem dos 18% ao ano, o que equivale a um valor perto dos 9,1 biliões de euros.

A possibilidade de tornar realidade uma ideia de negócio faz destas novas funcionalidades ferramentas essenciais para quem procura iniciar a sua atividade. A ideia ganha valor se observarmos que 76% dos empresários portugueses que apostaram no ecommerce conseguiram, nos últimos 12 meses, aumentar as suas receitas para o dobro.

O estudo permitiu descobrir ainda que 72% das empresas consideram que os novos recursos linguísticos farão com que os seus negócios se tornem mais competitivos. 62% dos inquiridos referiram que o outsourcing será mais simples do que nunca em Portugal porque poderão contratar alguém com as características necessárias para desenvolver um trabalho através da internet, em qualquer lugar num único idioma. Entre outros números, destacam-se os seguintes:

47% – Poupança de Tempo

59% – Freelancers que procuram numa única plataforma

60% – Freelancers analisados que garantem a qualidade de serviço prestado

48% – Capacidades técnicas com acesso gratuito

Bill Little, Diretor Europeu da Freelancer.pt, afirmou: “Atualmente existe um crescente apetite para o mercado freelancer e para a criação de empresas em Portugal. Esta unidade intraempresarial terá um novo impulso com o lançamento destas novas funcionalidades linguísticas para o Freelancer.pt. As mesmas irão ajudar Portugal a tornar-se num dos ambientes de negócio mais competitivos do mundo”.

“Neste momento é bastante mais simples e rápido para as empresas de Lisboa até São Paulo garantirem os melhores resultados com a contratação de freelancers de qualidade num único espaço. A partir deste momento, os freelancers portugueses poderão assim acrescentar valor ao seu trabalho de uma forma acessível a empresas sediadas no Brasil sem a necessidade de se deslocarem da sua secretária”.


Share:

Deixe o seu comentário