64505 0

Findmore Consulting passa a Gold Partner da Microsoft

A Findmore Consulting foi reconhecida, em julho de 2017, como Gold Partner da Microsoft na área de Application Development.

Esta empresa portuguesa na área das tecnologias considera que este reconhecimento significa um compromisso da Findmore no desenvolvimento das tecnologias da Microsoft para as suas próprias necessidades, bem como as dos seus clientes. Desta forma, ser Gold Partner da Microsoft acaba por ser, também, uma prova de mais profissionais certificados e mais projetos em cliente com a tecnologia associada.

De acordo com Rui Machado, General Manager da Findmore Consulting, “os nossos parceiros desempenham um papel fundamental na identificação da solução ideal para as necessidades das empresas, pelo que esta parceria permite-nos garantir uma solução mais completa e especializada aos clientes.”

Este é mais um de vários reconhecimentos importantes já conquistados pela Findmore Consulting, assim como a distinção no Technology FAST 500 EMEA da Deloitte e no PowerUp Software Award for Market Excellence da Software AG.


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Notícias Relacionadas

IT People Group abre novo escritório no Perú

O IT People Group está a apostar num processo de expansão internacional, com a inauguração de um novo escritório no Perú. NextReality, a empresa do Grupo especializada no

Huawei vende mais de 100 milhões de equipamentos nos três primeiros trimestres

A Huawei está definitivamente em alta. O fabricante chinês de smartphones Android e não só enviou para a distribuição mais de 100 milhões de dispositivos apenas nos primeiros

DataLab firma parceria com a STEAM

A DataLab e a STEAM- Smart Business Services, uma das principais consultoras a nível nacional, acabam de estabelecer uma parceria estratégia. O acordo entre as duas empresas nacionais compreende

IBM e Cidadãos-Cientistas vão contribuir com o equivalente até 200 milhões de dólares para investigação climática e ambiental

À medida que a mudança climática acelera, a IBM está a incentivar a comunidade científica mundial com uma enorme infusão de recursos de computação, dados climáticos e serviços

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *