13095 0

Extreme Networks lança soluções SDN certificadas para integração com Microsoft Lync

A Extreme Networks anuncia que as suas soluções de rede definida por software (SDN), wired e wireless, superaram o processo de certificação passando a integrar-se com Microsoft Lync, a plataforma de comunicações unificadas da Microsoft.

Graças à sua plataforma de gestão SDN e à sua solução de visibilidade de aplicações Purview, a Extreme Networks possibilita uma implementação rápida e simples da solução Microsoft Lync, proporcionando Qualidade de Serviço (QoS) e um leque vasto de capacidades analíticas para toda a infra-estrutura de rede, incluindo tanto a parte wired como wireless.

Com esta integração, as empresas podem melhorar o desempenho da sua plataforma de Comunicações Unificadas Microsoft Lync, ao passar a incluir todas as funcionalidades e serviços que uma solução de rede SDN proporciona, como sejam a possibilidade de atribuir Qualidade de Serviço aos utilizadores de uma forma simples e automatizada ou eliminar tarefas complexas de gestão de comunicações. Tanto os clientes como os parceiros de canal da Extreme Networks dispõem agora de uma robusta solução de comunicações unificadas integrada com as soluções de infra-estrutura de rede da Extreme.

Esta certificação surge no âmbito do programa “Microsoft Unified Communications Open Interoperability Program (UCOIP)”, o que significa que a Extreme Networks pode agora oferecer soluções de rede para ambientes de convergência, já que suporta os serviços e aplicações mais importantes neste tipo de ambientes, como sejam o VoIP no posto de trabalho, softphones, mensagens instantâneas e vídeo colaborativo.

A integração da plataforma SDN da Extreme Networks com a solução de comunicações unificadas da Microsoft melhora as ferramentas de comunicação em tempo real de que dispõe o Microsoft Lync, o que permite às organizações aumentar o rendimento da sua plataforma de comunicações. Em concreto, a integração de ambas as plataformas foi realizada para os seguintes sistemas:

• Avaliação da solução de inteligência de rede e analítica avançada de aplicações Purview da Extreme Networks para integração com Lync.

• Avaliação e integração do Lync com switches baseados em ExtremeXOS, o que permite dispor de conectividade de alta densidade Gigabit/10Gigabit e integração com o sistema de gestão de políticas de rede, segurança e gestão de BYOD.

• Integração do Lync com a plataforma SDN da Extreme Networks através do OneFabric Connect e NetSight, o que proporciona Qualidade de Serviço adaptativa e dinâmica, especialmente adequada a ambientes e aplicações de áudio e vídeo escaláveis.

• Integração qualificada das plataformas Wi-Fi da Extreme Networks IdentiFi Wireless LAN 802.11ac Gigabit e 802.11n com Lync, o que melhora o desempenho da plataforma de comunicações em ambientes de mobilidade.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

S21sec deteta pela primeira vez entidades bancárias espanholas na lista do Trojan DYRE

A S21sec detetou mudanças na lista de entidades alvo do Trojan bancário DYRE (também conhecido como Dyreza). Trata-se de um malware bancário que é, de momento, o mais

Ricoh consolida a sua posição enquanto “Líder de Mercado” em Managed Print Services

A Ricoh continua a ser considerada líder de mercado a nível mundial por todos os principais analistas nos seus relatórios publicados sobre MPS em 2012, desta feita por

Robonaut 2 inicia as funções de mordomo espacial

Com seis quartos, dois ginásios e um grande quarto de solário, o Harmony, um dos módulos da Estação Espacial Internacional é o apartamento mais dispendioso do mundo, com

Estudo da Ricoh sublinha que 92% das empresas Europeias não estão preparadas para o Mercado Único Digital

De acordo com o mais recente estudo da Ricoh, a grande maioria das empresas Europeias (92%) afirmam não estarem preparadas para o Mercado Único Digital na União Europeia.

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *