15617 0

Extreme Networks amplia as capacidades de integração da sua plataforma SDN

A Extreme Networks anuncia a ampliação das capacidades da sua plataforma SDN e do seu controlador OneController com a inclusão de novas funcionalidades como a integração com a plataforma de comunicações unificadas Microsoft Skype for Business e com OpenDaylight Group Based Policy (GBP).

A plataforma SDN da Extreme Networks é a primeira do mercado a incorporar estas capacidades de integração, tornando-a numa solução real, pronta a ser implementada em ambientes corporativos.

A integração do Netsight com o OpenDaylight Group Based Policy (GBP), significa que se pode aproveitar todas as capacidades de gestão avançada de políticas que o NetSight proporciona para aplicar políticas baseadas em grupos (GBP) em toda a infra-estrutura de rede e desde uma única plataforma de gestão. Com esta solução de gestão, única no mercado, os clientes empresariais podem implementar e configurar SDN em ambientes multi-fabricante ou em projectos em que se tem que aproveitar equipamento já existente.

Por outro lado, a integração com o Microsoft Skype for Business, simplifica a implementação desta plataforma de comunicações unificadas em redes SDN, já que permite aos clientes criarem projectos de comunicação mais dinâmicos ao mesmo tempo que se reduzem os custos e se mantêm os utilizadores melhor comunicados.

Principais melhorias da plataforma SDN

  • Integração com a plataforma de comunicações unificadas Microsoft Skype for Business (anteriormente conhecida como Microsoft Lync). Proporciona a inteligência de rede e o software dinâmico necessários para suportar de forma eficaz o Microsoft Skype for Business, via integração com OpenDaylight.
  • Políticas Baseadas em Grupos (GBP). O Netsight da Extreme Networks integra-se com OpendayLight Group Based Policy (GBP) o que possibilita a aplicação consistente de políticas em todo tipo de projectos, incluindo multi-fabricante.
  • SDN App Store: Criado um repositório online de aplicações SDN, tanto gratuitas como pagas, para clientes e parceiros tecnológicos
  • Portal do Desenvolvedor SDN. Foi ainda criada uma iniciativa que proporciona a criadores de aplicações SDN alheios à Extreme Networks a informação necessária para desenvolver, gerir e disponibilizar as suas aplicações na app store da Extreme Networks.

Markus Nispel, Vice-presidente de Arquitectura de Soluções e Inovação da Extreme Networks, afirma: “este anúncio reafirma o compromisso da Extreme em ajudar os seus clientes a migrar para o SDN, sem terem que se desfazer de tudo o que tinham implementado e incorrer em custos elevados. Estamos a atingir os objectivos a que nos propusemos em Junho, como o demonstram projectos como a Cidade de Enfield, que conseguiu realizar com êxito a migração. Continuamos a fazer do SDN uma tecnologia simples, inteligente e rápida de implementar”.

Dois exemplos que demonstram com factos as capacidades da plataforma SDN da Extreme Networks: a cidade de Enfield e a Universidade Mount Mary do Milwaukee

A Extreme Networks ajudou já vários clientes a migrar com êxito as suas respectivas plataformas SDN para a sua nova solução melhorada. Estes são alguns exemplos:

A Câmara municipal de Enfield proporciona suporte de TI centralizado às escolas que dependem desta entidade em 32 locais diferentes, assim como a serviços de emergência e outras dependências municipais. O CIO da câmara ficou encarregue da melhoria dos serviços de TI para a comunidade, do incremento da eficiência operativa e da redução dos custos. Aproveitando as capacidades da nova plataforma SDN da Extreme Networks, Enfield implementou um portal de serviços on demand para utilizadores, que inclui um sistema de agenda para actividades de laboratório das escolas a partir de dispositivos móveis. Este novo sistema de agenda melhora a experiência de aprendizagem dos estudantes e permite novos modos de ensino. A solução SDN permite atribuir de forma automática a largura de banda para cada uso e priorizar sistemas críticos.

Paul Russell, Chief Technology Officer da Câmara de Enfield, declara: “O SDN revolucionou a forma como fizemos avançar a nossa infra-estrutura, ao mesmo tempo que reduzimos custos. Criámos um portal de serviços para as diferentes entidades que dependem do município e não precisámos de montar uma nova rede. Podemos gerir e conectar sistemas e serviços de múltiplos centros escolares e agências municipais, e ao mesmo tempo atribuir a largura de banda da melhor forma possível, optimizando a sua utilização e reduzindo os custos em telecomunicações. Com a solução SDN da Extreme Networks conseguimos uma plataforma SDN que se integra perfeitamente com a nossa rede existente, e o que é mais importante, melhorámos de forma dinâmica a entrega de serviços de TI”.

Outro dos exemplos é a Universidade Mount Mary de Milwaukee. Este centro educativo necessitava de aplicar políticas de segurança e de QoS de forma eficiente a toda a rede, tanto cablada como wireless. Gracias à plataforma SDN da Extreme Networks, esta universidade pode automatizar a aplicação de políticas na rede e aceder a informação contextualizada do uso da rede e das aplicações. Como resultado, agora dispõem de um sistema de comunicações unificadas baseado em Skype for Business, mais rápido, simplificado e controlado.

Marc Belanger, Director de TI da Universidade Mount Mary, afirma: “O OneController SDN da Extreme Networks permite-nos alcançar novos graus de flexibilidade e controlo sobre nossa rede. A sua plataforma de desenvolvimento de aplicações aberta e uma crescente comunidade de desenvolvedores e soluções SDN permitem-nos tornar mais eficientes os nossos processos, optimizar recursos e inovar, todo ao serviço dos nossos alunos e professores. A integração do SDN com o Microsoft Skype é um exemplo disso. Podemos melhorar a experiência do utilizador, automatizar políticas e obter informação contextual da rede e das aplicações que se estão a usar. Agora dispomos de uma rede mais dinâmica e adaptável”.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Mário Vaz é o novo CEO da Vodafone Portugal

Mário Vaz é, desde o dia 1 de Setembro, o novo Presidente Executivo (CEO) da Vodafone Portugal. O gestor, até aqui Administrador responsável pela Unidade de Negócios Particulares

Software de ex-aluno da UMinho gere online todas as fases da construção

Pedro Vaz Alves, formado pela Universidade do Minho, lançou um software que controla online todos os passos de uma empreitada, permitindo reduzir falhas, custos e prazos da obra,

Glintt implementa GlobalCare na Unimed e fortalece posicionamento no mercado brasileiro

A Glintt implementou o software de gestão hospitalar, Globalcare, na Unimed Vitória, contribuindo para a melhoria da qualidade dos serviços assistenciais de uma das instituições da maior cooperativista

FlexPod ultrapassa 3.000 milhões de dólares de vendas em parceria da Cisco e NetApp

A Cisco e NetApp anunciaram que o FlexPod gerou cerca de 3.000 mil milhões de dólares em vendas conjuntas desde o seu lançamento em 2010. A distribuição das

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *