Evento: QNAP apresenta novidades em Portugal

42152
0
Share:

Foi num evento informal que Adian Groba, o responsável da QNAP para a região ibérica, abordou hoje em Lisboa as principais novidades deste fabricante e nos relevou o estado atual da marca no mundo e até onde querem chegar.

A QNAP é certamente uma marca familiar à grande maioria dos nossos leitores e tornou-se popular graças aos seus sistemas de armazenamento, vulgarmente denominados por NAS. Fundada em 2015, tem atualmente mais de 1000 colaboradores em todo o mundo, sede em Taipé e 20 escritórios em 14 países.

Ao nível do mercado mundial a QNAP está bem e recomenda-se. Tem atualmente uma quota de mercado que se situa entre os 17 e 18% e é lá que se quer manter. Um ponto à frente da Sinology e a dois da NETGEAR, os principais concorrentes nesta área. Em Portugal e só em 2016, teve um crescimento de 62%

De uma faturação de 810 milhões de dólares no mercado SMB e 585 milhões de dólares no mercado SOHO em 2015, espera atingir os 1,25 mil milhões e 1,11 mil milhões em 2020, respetivamente.

A QNAP quer continuar a crescer em todos os segmentos em que atua, sendo que os produtos se dividem fundamentalmente em três: – grandes empresas (enterprises), SMB e por fim SOHO/Home, sendo que as principais novidades abordadas hoje incidiram sobre a área SMB e doméstica.

Ao nível das pequenas empresas, a Série TVS-x82T e TVS-882ST mereceram especial destaque.

A primeira está disponível em três modelos diferentes (TVS-1282T, TVS-882T e TVS-682T) e utiliza processadores Intel de 6.ª geração desenvolvidos com tecnologia de 14nm. A série TVS-x82T possui um desenho de hardware avançado baseado no conceito de armazenamento por camadas (“tiered storage”), particionamento baseado em aplicações e distribuição de tráfego de rede para conseguir maximizar a eficiência do armazenamento e oferecer um desempenho otimizado. Esta série inclui também saídas HDMI 2.0 para oferecer uma experiência de visionamento 4K a 60 fps melhorada enquanto a nova funcionalidade VJBOD permite maximizar o armazenamento através da utilização da capacidade de múltiplos NAS da QNAP para expandir a capacidade do TVS-x82T.

Já o TVS-882ST2 é alimentado por um processador Intel Core i5 14nm de 6ª geração com encriptação por hardware AES-NI e suporta oito unidades HDD/SSD SATA 6Gb/s de 2,5”. Este NAS inclui conectividade Thunderbolt 2 de alta velocidade, portas de rede duplas 10GBASE-T a 10GbE, portas USB 3.1 Tipo-C/Tipo-A a 10Gbps, saída HDMI 4K e oferece uma solução tripla Thunderbolt/NAS/iSCSi SAN.

No segmento doméstico, nem tudo são só NAS e a QNAP está a apostar em equipamentos muito interessantes como o TGX-150. Consiste num misto entre router e NAS que vem equipado com um processador Intel Atom 2.0GHz, encriptação por hardware quando utilizado como um servidor NAS, tem Wi-Fi Dual-band integrado 2.4GHz/5GHz, duas portas USB 3.0 e uma porta Gigabit. Este equipamento pode acomodar um disco rígido SATA de 2.5 polegadas ou uma Solid State Drive.

O TS-453mini foi outro dos equipamentos em destaque e que tem a particularidade de poder ser utilizado como um PC e pode executar máquinas virtuais baseadas em Windows/Linux/UNIX/Android graças ao Virtualization Station.

Outra novidade muito interessante ficou para o fim do evento e consiste na integração dos NAS da QNAP com o popular sistema de automação IFTTT, serviço este que disponibiliza automatização para pequenas tarefas entre serviços ligados à Internet. Na prática isto significa que será possível automatizar pequenas tarefas para facilitar a vida do utilizador ou até mesmo garantir a sua segurança.

Imagine que num dado momento uma ameaça de ransomware começa a encriptar todos os ficheiros que estão armazenados no seu computador ou até na NAS. Pode criar uma acção que o alerte das mais diversas formas no caso de uma aplicação começar a alterar todos os ficheiros que estão na NAS.

 


Share:

Deixe o seu comentário