Connect with us

Leak Business

Estudo revela que os Portugueses são os europeus que mais negoceiam preços desde a crise

Patricia Fonseca

Publicado a

De acordo com a nova edição do Observador Cetelem do Consumo, cerca de 77% dos consumidores portugueses afirmam negociar mais os preços do que há cinco anos, uma percentagem significativamente acima da média europeia (59%). Além de serem os que negoceiam mais, os portugueses são aqueles que prestam mais atenção aos preços desde a crise (91% contra uma média europeia de 83%). Paradoxalmente são também os consumidores portugueses os menos propensos a fazer compras inteligentes, tais como a caça às promoções, as compras de ocasião ou o low cost. Apenas 31% admitem fazê-lo mais do que há cinco anos, um valor consideravelmente abaixo da média europeia (79%).

Além dos preços, os consumidores estão também mais atentos à qualidade e ao impacto das suas compras. Os portugueses estão entre os europeus que, desde a crise, mais atenção dão à origem e composição dos produtos: cerca de 73% contra uma média europeia que ronda os 67%. À frente de Portugal está apenas a Roménia (86%), a Itália (83%) e a República Checa (75%), onde a percentagem de inquiridos interessados em conhecer a origem dos produtos é ligeiramente superior.

Verifica-se ainda que a preocupação com a proteção do meio ambiente é cada vez mais visível, nomeadamente no consumo e no próprio momento de compra. Cerca de 68% dos portugueses dizem dar mais atenção ao impacto ambiental dos produtos do que há cinco anos atrás, uma percentagem acima da média europeia que se situa nos 60%. Assim, Portugal encontra-se no top 3 de países mais preocupados com o impacto das compras no ambiente, logo a seguir à Itália (73%) e à Hungria (69%).

A mais recente edição do Barómetro Europeu revela ainda que a maioria dos portugueses (91%) confessa fazer mais compras importantes hoje do que há cinco anos. Portugal é aliás o país onde essa percentagem é maior: no resto da Europa, a média de consumidores a afirmar ter aumentado o número de compras importantes fica-se pelos 64%.

«Passados cinco anos desde o início da crise, nota-se uma grande evolução nas práticas de consumo dos europeus especialmente nas dos portugueses. Hoje, os consumidores estão mais atentos ao preço, o que traduz a predominância da problemática das questões orçamentais. Mas além do preço, os portugueses estão também cada vez mais preocupados com a origem dos produtos e o impacto dos mesmos no ambiente, o que revela a adoção de um comportamento de compra mais responsável», explica Diogo Lopes Pereira, diretor de marketing do Cetelem.

Para as análises e previsões deste estudo foram inquiridos 8.719 europeus (pelo menos 500 indivíduos por país, com idade superior a 18 anos) através da Internet, em 12 países: Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Itália, Portugal, Reino Unido, Hungria, Polónia, República Checa, Eslováquia e Roménia. Os inquéritos foram realizados entre 4 de novembro e 2 de dezembro de 2014 pelo Observador Cetelem, em parceria com a sociedade de estudos e consultoria BIPE, com base num inquérito barométrico conduzido pela TNS Sofres.

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Publicidade

Últimas Notícias

Notícias6 dias atrás

Dell EMC oferece às médias empresas uma proteção de dados simples e poderosa ao menor custo

A Dell EMC anuncia a sua mais recente solução Integrated Data Protection Appliance (IDPA). Trata-se do novo Dell EMC IDPA...

Notícias6 dias atrás

Visa eleita ‘Marca de Confiança’ pelos portugueses

A Visa, foi considerada a “Marca de Confiança” dos portugueses na categoria de “Cartões de Crédito”, gerando o maior grau...

Notícias7 dias atrás

OutSystems ganha prémio de inovação pelo terceiro ano consecutivo

A OutSystems  foi considerada a Melhor Solução para Desenvolvimento Mobile em 2018 nos SIIA CODiE Awards. Estes prémios destacam empresas que,...

Notícias7 dias atrás

BI4ALL associa-se à DSPA

A BI4ALL é o novo membro da comunidade de associados da DSPA. Enquanto empresa líder no desenvolvimento de soluções de...

Notícias1 semana atrás

Opensoft aposta na Web Summit pelo terceiro ano consecutivo

A Opensoft vai marcar presença pela terceira vez consecutiva na maior conferência de tecnologia do mundo – a Web Summit...

Notícias1 semana atrás

Tecnologia da NEC permite deteção precoce de stress

A NEC Corporation anunciou o desenvolvimento de uma tecnologia que estima com precisão o stress crónico com base em informações...

Notícias1 semana atrás

IBM e Galp impulsionam inovação no setor energético com recurso a Inteligência Artificial

Vivemos num mundo ininterruptamente conectado e em que quase tudo o que fazemos requer energia, seja em casa, no trabalho...

Notícias1 semana atrás

Altran e IEFP desenvolvem academia para reconversão de competências tecnológicas

A Altran e o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), lançam hoje uma academia de reconversão de competências tecnológicas, que...