Connect with us

Leak Business

Estudo Regus revela que 63,7% dos portugueses considera que trabalhar nos cafés põe confidencialidade em risco

Patricia Fonseca

Publicado a

Os colaboradores globais aproveitam o tempo entre deslocações para fazer telefonemas e, em deslocações mais longas, consultar e-mails e ler documentos. O facto de muitas vezes o fazerem em público coloca em risco a privacidade do trabalho, é o que constata um estudo realizado pela Regus Business Centers, com base em entrevistas a mais de 22.000 colaboradores em 100 países. Segundo os portugueses, os cafés (63,7%) são os locais considerados como mais propensos a serem palco de quebras de confidencialidade, por falta de privacidade de trabalho.

Para os profissionais portugueses, a privacidade das conversas e dos documentos encontra-se comprometida também quando se está a bordo de um avião (50,4%), num lounge ou bar de hotel (48,7%), comboio (42,5%) ou num business lounge de um aeroporto (39,8%).

Os resultados globais do estudo da Regus, provenientes dos 22.000 colaboradores, indicam que, neste âmbito, os locais mais perigosos são os cafés (59%), seguidos dos lounges e bares dos hotéis (50%).

Nas deslocações diárias entre casa e o local de trabalho, os transportes públicos também são arriscados, como os comboios (42%). As viagens de negócio colocam informações confidenciais expostas nos aviões (46%), visto que tanto quem está ao seu lado ou atrás pode facilmente ler o que está no computador, sendo os aeroportos (44%) também indesejáveis para trabalhar matérias delicadas.

locais_publicos_onde_a_confidencialidade_privacidade_exposta

O estudo da ComRes, empresa especializada em estudos de mercado, em setembro de 2013, constatou que a “espionagem empresarial” é uma realidade mundial, com metade dos adultos franceses preocupados com a privacidade dos seus documentos nos transportes e 38% a admitir que em algum momento conseguiram ver informação confidencial de outras empresas.

Também uma pesquisa da empresa Ironmountain confirma que, para os colaboradores do Reino Unido, os comboios e os aviões são os principais locais com menos privacidade, contra 20% que atestam ser os aeroportos. Adicionalmente, o estudo Protecting sensitive company information from the commuter, datado de outubro de 2013, declara que a possibilidade de exposição de informações profissionais através de dispositivos móveis preocupa os colaboradores, mas que também os documentos impressos são, frequentemente, abandonados ou perdidos sem possibilidade de recuperação.

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Publicidade

Últimas Notícias

Notícias5 dias atrás

Dell EMC oferece às médias empresas uma proteção de dados simples e poderosa ao menor custo

A Dell EMC anuncia a sua mais recente solução Integrated Data Protection Appliance (IDPA). Trata-se do novo Dell EMC IDPA...

Notícias5 dias atrás

Visa eleita ‘Marca de Confiança’ pelos portugueses

A Visa, foi considerada a “Marca de Confiança” dos portugueses na categoria de “Cartões de Crédito”, gerando o maior grau...

Notícias6 dias atrás

OutSystems ganha prémio de inovação pelo terceiro ano consecutivo

A OutSystems  foi considerada a Melhor Solução para Desenvolvimento Mobile em 2018 nos SIIA CODiE Awards. Estes prémios destacam empresas que,...

Notícias6 dias atrás

BI4ALL associa-se à DSPA

A BI4ALL é o novo membro da comunidade de associados da DSPA. Enquanto empresa líder no desenvolvimento de soluções de...

Notícias1 semana atrás

Opensoft aposta na Web Summit pelo terceiro ano consecutivo

A Opensoft vai marcar presença pela terceira vez consecutiva na maior conferência de tecnologia do mundo – a Web Summit...

Notícias1 semana atrás

Tecnologia da NEC permite deteção precoce de stress

A NEC Corporation anunciou o desenvolvimento de uma tecnologia que estima com precisão o stress crónico com base em informações...

Notícias1 semana atrás

IBM e Galp impulsionam inovação no setor energético com recurso a Inteligência Artificial

Vivemos num mundo ininterruptamente conectado e em que quase tudo o que fazemos requer energia, seja em casa, no trabalho...

Notícias1 semana atrás

Altran e IEFP desenvolvem academia para reconversão de competências tecnológicas

A Altran e o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), lançam hoje uma academia de reconversão de competências tecnológicas, que...