45105 0

Escola do Freixo e Colégio Monte Flor entre as Escolas mais Inovadoras do Mundo

Duas escolas portuguesas foram uma vez mais distinguidas pela Microsoft entre as Escolas mais Inovadoras de todo o mundo. O Agrupamento de Escolas de Freixo, em Ponte de Lima, e o Colégio Monte Flor, em Carnaxide, foram selecionados para fazer parte da rede mundial de 80 Escolas Mentoras, o reconhecimento máximo que a Microsoft confere a nível internacional pela forma como essas escolas usam a tecnologia para transformar o ensino. As 80 Escolas Mentoras foram selecionadas entre quase 250 escolas candidatas de 75 países.

No âmbito do Programa Parceiros na Educação (Partners in Learning), e após um processo de avaliação das escolas que apresentaram candidatura ao Concurso Mundial da Microsoft para Escolas Mentoras, o Agrupamento de Escolas de Freixo e o Colégio Monte Flor foram distinguidos pelo trabalho desenvolvido durante o ano letivo 2012/2013. As escolas vão, a partir de agora, fazer parte de uma comunidade de elite de escolas mentoras em todo o mundo que, através do apoio da Microsoft, irão trabalhar em rede com vista a contribuir para a transformação das práticas de ensino noutras instituições de ensino.

O Agrupamento de Escolas de Freixo, que já havia sido distinguido no ano passado com o prémio Escola Inovadora, localiza-se em Ponte de Lima e é constituído por sete jardins de infância e quatro escolas básicas, com um total de 910 alunos, servindo uma população de mais de 7 mil pessoas.

A motivação da comunidade educativa para o desenvolvimento de projetos inovadores, o trabalho colaborativo entre os docentes, o elevado nível de integração das TIC em processos pedagógicos e administrativos e no desenvolvimento de atividades com a integração dos alunos, foram alguns dos aspetos que levaram a mais um reconhecimento do Agrupamento de Escolas de Freixo.

Para Luís Fernandes, Diretor do Agrupamento de Escolas de Freixo, “estar integrado no ranking das escolas mais inovadoras do mundo é motivo de enorme orgulho; é uma oportunidade única para a consolidação de processos inovadores. O contacto com escolas de outros países permitirá a evolução do Agrupamento de Escolas de Freixo para outro nível”.

O Colégio Monte Flor é um estabelecimento de ensino privado, cuja oferta formativa inclui creche, pré-escolar e primeiro ciclo do ensino básico, com o objetivo de garantir a sequencialidade dos seus alunos, desde os primeiros passos até aos 10 anos. Tem capacidade para cerca de 220 alunos (100 no 1º Ciclo, 75 no Pré-Escolar e 44 na Creche), na sua maioria residentes em Carnaxide e Linda-a-Velha.

O colégio viu reconhecido o trabalho realizado na utilização de novas tecnologias para transformar a educação e as estratégias de ensino mais inovadoras implementadas junto dos alunos. A dinâmica organizacional da escola tem permitido preparar os alunos para um mundo cada vez mais tecnológico, onde a comunicação e colaboração são competências de sucesso.

Para Susana Vidal, Diretora do Colégio Monte Flor, “este prémio constitui uma oportunidade única de desenvolver um trabalho colaborativo com outras escolas e líderes inovadores de todo o mundo, ao mesmo tempo que estimulamos a utilização da tecnologia no desenvolvimento de competências do século XXI junto dos nossos alunos e professores. Através da tecnologia enriquecemos o processo de aprendizagem, envolvendo os alunos em novas formas de conhecimento e interação, nomeadamente, com projetos de outras escolas e países, promovendo a discussão e desafiando os alunos a partilharem o seu conhecimento e aprendizagens”.

Além do reconhecimento mundial, as Escolas vão ter acesso a um conjunto de serviços de coaching orientado por especialistas na área de educação, ferramentas tecnológicas de investigação e ensino, ações de formação da Microsoft e a participação no Fórum Global de Educação, promovido pela Microsoft em Barcelona em março do próximo ano.

Segundo Rui Grilo, Diretor para a Educação na Microsoft Portugal, “o programa Escolas Mentoras tem vindo a contribuir para o desenvolvimento da educação e da tecnologia em Portugal, permitindo inspirar toda a comunidade educativa a adotar novos métodos de ensino e incentivar a colaboração entre as escolas e líderes de todo o mundo. As escolas portuguesas são um exemplo disso mesmo e os seus profissionais têm conseguido melhorar o desempenho dos alunos, as competências e seus resultados”.

Este ano foram distinguidas 80 escolas, de 54 países, tendo-se registado um aumento do número de escolas candidatas, elevando cada vez mais a fasquia das escolas participantes.


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Notícias Relacionadas

BQ listada pelo Financial Times como uma das 1000 empresas europeias com maior crescimento

A Mundo Reader (BQ) acaba de ser listada pelo Financial Times como uma das 1000 empresas europeias com maior crescimento. O ranking FT 1000: Europe’s Fastest Growing Companies,

Número de empresas e organizações afectadas por ciberataques em 2014

A Kaspersky Lab continua a rever os eventos chave que definiram o panorama das ciberameaças em 2014 e, desta vez, focaliza-se nas empresas, enquanto vítimas de ciberataques. Assim,

Portuguesa Tap My Back selecionada para Web Summit de Dublin

A app portuguesa Tap My Back foi selecionada para se apresentar no maior evento europeu de tecnologia. Com mais de mil clientes empresariais em territórios como os EUA,

Serviço cloud FortiCare 360° proporciona às empresas uma avaliação continua ao estado de segurança da sua rede

A Fortinet anuncia o lançamento do seu novo serviço de segurança na cloud, o FortiCare 360°. Este serviço de suporte complementa os recursos de TI das empresas e operadores

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *