Ericsson lidera software de telecomunicações segundo a Analysys Mason

9152
0
Share:

A Ericsson acaba de anunciar que foi nomeada líder mundial em receitas de software de telecomunicações pela Analysys Mason. O relatório ”Telecoms Software: Worldwide Market Shares 2013” considera ainda a Ericsson como líder em quota de mercado global em 18 segmentos, incluindo prestação de serviços, plataformas de fornecimento de serviços e sistemas de gestão de rede. Estas classificações reforçam a posição da Ericsson como líder no crescente mercado de software de telecomunicações.

A Analysys Mason classificou a Ericsson na primeira posição em termos de quota de -mercado pelas receitas globais em 18 segmentos, incluindo:

– Software de telecomunicações em todo o mundo, incluindo América do Norte, América Latina e Europa, Médio Oriente e África;
– Software de telecomunicações para serviços móveis;
– Receitas em software de telecomunicações;
– Plataformas de fornecimento de serviços em termos globais, por receita de produto e por receita de serviços relacionados com o produto;
– Sistemas de gestão de políticas;
– Sistemas de gestão de rede em termos globais, assim como na América do Norte, Europa, Médio Oriente e África;
– Sistemas de gestão de rede por receita de produto, por receita de serviços relacionados com o produto e para serviços móveis;
– Hardware móvel e de PSTN gerido por sistemas de gestão de rede;
– Prestação de serviços em termos globais e por receita de produto;
– Gestão de inventário; gestão de receitas por receita de produto;
– Faturação pré-paga;
– Mediação.

”A Ericsson reforçou a sua posição de líder de mercado em 2013 com o seu portfólio de soluções OSS/BSS e expandiu os seus contratos com clientes de prestação de serviços de primeiro e segundo nível”, afirma Mark Mortensen, BSS Practice Head da Analysys Mason. ”A Ericsson continua a ser o único fornecedor a ter praticamente todo o software e serviços necessários para as operações. Esta posição foi ainda impulsionada pelas suas recentes aquisições, nomeadamente, da Microsoft Mediaroom, da Apcera, da Guardtime, da MetraTech, da Azuki Systems e da Red Bee Media.”

O relatório da Analysys Mason analisa o software licenciado para fins comerciais, software licenciado de suporte a serviços e serviços relacionados com o produto, que ajudam os prestadores de serviços de telecomunicações a gerir o seu negócio. Este portfólio de software disponibiliza funções essenciais, tais como faturação, apoio ao cliente, garantia de serviço, prestação de serviços, sistemas de gestão de redes e de componentes, e plataformas de fornecimento de serviços. Adicionalmente, a Ericsson apresentou o seu novo modelo de software 15A, em Setembro, que inclui pacotes de software predefinidos, garantindo um melhor desempenho e uma componente de subscrição de software diminuindo o tempo de implementação de novas funcionalidades.

”A constante liderança da Ericsson em software confirma a nossa estratégia global e o foco contínuo em soluções que ajudam os nossos clientes a tornar-se ágeis à medida que estimulam as receitas, através da introdução de novas tecnologias e serviços mais rentáveis”, refere Per Borgklint, Senior Vice President e Head of Business Unit Support Solutions. ”As novas soluções end-to-end de gestão da experiência do cliente, cloud, fornecimento de serviços e M2M refletem o nosso compromisso de investimento em áreas que permitem aos nossos clientes tornarem-se mais ágeis em mercados cada vez mais competitivos e repletos de oportunidades.”

Para responder às necessidades dos clientes, os operadores devem continuar a melhorar a experiência de utilizador, captar novas receitas e impulsionar a eficiência do negócio. A Ericsson está a permitir que os operadores se tornem cada vez mais eficientes com um portfólio de software OSS/BSS abrangente e unificado, bem como uma capacidade de excelência mundial em consultoria, integração de sistemas e gestão de serviços.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário