Ericsson e SK Telecom estabelecem acordo para colaborar em redes 5G

10032
0
Share:

A Ericsson e a SK Telecom assinaram uma carta de intenções para colaboração no desenvolvimento de uma rede central de 5G que implementará tecnologia de rede de múltiplas configurações (network slicing). Prevê-se que o desenvolvimento, que beneficiará das capacidades do laboratório de cloud regional da Ericsson e do Ericsson HDS 8000, esteja pronto no final de 2015.

No âmbito do acordo, a Ericsson e a SK Telecom irão desenvolver e implementar uma tecnologia de rede de múltiplas configurações (network slicing) otimizada para os serviços
5G. As duas empresas darão continuidade à sua atual parceria para construir um banco de ensaios 5G. O trabalho neste banco de ensaios iniciar-se-á este ano com o objetivo de
desenvolver os serviços piloto de 5G mais avançados do mundo.

Os casos de uso 5G previstos, como a atividade remota de máquinas, o transporte inteligente e a realidade virtual irão exigir novos desempenhos e condições de segurança
das redes. Para responder a estas exigências, as redes 5G serão construídas com tecnologias de rede de múltiplas configurações (network slicing) que utilizarão recursos
lógicos em vez de físicos, e que permitirão às operadoras oferecer as redes numa base as-a-service. A instanciação das múltiplas configurações (network slicing) da rede será feita
através da solução Ericsson Virtual Evolved Packet Core.

“A arquitetura da rede virtual, incluindo network slicing, é essencial para suportar os novos serviços na era 5G. Construiremos uma rede otimizada para uma ampla gama de serviços ponta-a-ponta, e seremos pioneiros na evolução das redes inovadoras,” afirma Alex Jinsung Choi, Chief Technology Officer da SK Telecom.

A colaboração irá beneficiar das capacidades do laboratório de cloud regional da Ericsson, que está distribuído por quatro locais do nordeste asiático, incluindo Anyang na Coreia do Sul, Pequim e Xangai na China, e Yokohama no Japão. Em pleno funcionamento desde 2014, o laboratório apoia operadoras no desenvolvimento e verificação da cloud, na
virtualização das funções de rede e nas tecnologias de rede definidas por software.

A infraestrutura de rede será desenhada e construída pelo pioneiro sistema Hyperscale Datacenter da Ericsson, o Ericsson HDS 8000. Lançado no Mobile World Congress em
fevereiro de 2015, esta solução representa uma nova geração de sistemas de centros de dados a híper-escala que usa a Rack Scale Architecture da Intel®, para uma abordagem
desagregada de hardware que aumenta significativamente a eficiência, a utilização, a automatização e o custo total de propriedade de ambientes virtualizados.

“O network slicing, baseado no Virtual Evolved Packet Core, é uma parte importante da evolução da tecnologia 5G, oferecendo às operadoras uma nova e abrangente gama de
serviços. É importante que trabalhemos juntos na indústria nesta viagem”, afirma Ulf Ewaldsson, Chief Technology Officer da Ericsson.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário