16975 0

Ericsson cria laboratório em cloud e reforça aposta na inovação

A Ericsson acaba de apresentar um novo laboratório de cloud em Itália, que permite uma mais rápida inovação e co-criação com os operadores de telecomunicações líderes de
mercado. O laboratório, situado em Roma, é um ambiente aberto em contexto multifabricante baseado em tecnologias NFV (Virtualização de Funções de Rede) e SDN (Rede
Definida por Software) para o domínio das clouds dos operadores de telecomunicações.

Graças à combinação de sistemas de rede na cloud, de Prestadores de Serviços SDN e NFV, os operadores podem agora simplificar as suas redes, remover as complexidades da criação de topologias e serviços, e acelerar o processo de criação e implementação de novos serviços.

Mesmo localizado no campus da Ericsson, os operadores podem aceder ao laboratório de cloud de forma virtual a partir das suas próprias instalações em qualquer parte do mundo. “A cloud vai permitir uma enorme evolução no negócio das telecomunicações e este novo laboratório é um exemplo da paixão que a Ericsson tem pela inovação em Itália”, afirma Nunzio Mirtillo, líder da Região Mediterrânica da Ericsson.

“Uma vez que as grandes ideias nascem da colaboração, os operadores podem colher os proveitos das abordagens baseadas na cloud e implementar novas arquiteturas que
facultam uma maior eficiência de rede e um tempo de comercialização mais curto para serviços inovadores”, conclui Mirtillo.

O laboratório de cloud vai permitir que os operadores testem e aprendam a forma como a infraestrutura cloud pode ser desenhada e integrada em ambientes já existentes.

A Ericsson lidera a transformação das redes móveis em plataformas de rede abertas e programáveis, utilizando redes definidas por software e capacidades de cloud distribuídas. O Open Source é a abordagem chave para trabalhar e inovar de forma colaborativa, assim como para o rápido desenvolvimento de componentes tecnológicos básicos para novos
produtos.

Como líder em colaboração aberta na indústria, a Ericsson trabalha há muitos anos com um elevado número de parceiros, clientes e outros fabricantes no processo de definição de standards globais.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Reditus distinguida como melhor Parceiro de Serviços para a IBM

A Reditus foi considerada pela IBM como o melhor parceiro de serviços de 2012. O prémio foi entregue durante a edição deste ano da Conferência Nacional de Parceiros

IBM anuncia nova geração de sistemas abertos

A IBM apresentou os novos servidores Power Systems, desenhados de raíz para lidar com o crescimento sem precedentes do volume de dados não estruturados gerados na nova era

Canon reconhecida com três prémios BLI 2013

A Canon Europa recebeu dois prémios ‘Winter Pick” e um prémio “Line of the Year”, atribuídos pela Buyers Laboratory LLC (BLI)  a produtos de software do seu portfólio

Conheça uma ligação óptica de 400 Gbps por comprimento de onda

A France Telecom-Orange e a Alcatel-Lucent anunciam a implementação da primeira ligação óptica do mundo que oferece uma capacidade de 400 Gigabits por segundo (Gbps) por comprimento. Após

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *