Entrevista: Carlos Sousa, Chief Executive Officer OKI Europe

88176
0
Share:

Foi este ano que a OKI Europe Ltd celebrou três décadas de inovação no mercado de impressão na EMEA. Centrada no futuro, a empresa compromete-se a dar continuidade à sua estratégia de inovação focada no cliente, liderada por uma forte rede de colaboradores e de parceiros de canal a nível europeu. A Leak Business esteve à conversa com Carlos Sousa, Chief Executive Officer OKI Europe Lda, Sucursal em Portugal, que nos guiou numa viagem pelo tempo, desde o início da marca e revelou o que poderemos esperar nos próximos anos.

Patrícia Fonseca – Como nasceu a OKI?

Carlos Sousa – A OKI foi fundada por Kibataro OKI, em Tóquio, em 1881. Esta foi a primeira empresa japonesa fabricante de telecomunicações. O nosso sucesso foi criado graças ao seu espírito empreendedor e ao desejo de nos tornarmos na principal produtora de telefones. É importante referir que avançámos neste sentido poucos anos depois da invenção do telefone e posso dizer que nos esforçamos por apostar sempre nas principais tendências tecnológicas. Foi por volta de 1889 que mudámos o nome para aquele pelo qual somos efetivamente reconhecidos, OKI Electric Works. Contudo, apenas o nome mudou, porque mantivemos orgulhosamente o espírito empreendedor que nos caracteriza. Aliás, o nosso percurso é pautado por diversos produtos que tiveram uma influência importante para a atual sociedade de informação. É seguro afirmar que nos mantivemos na vanguarda da inovação tecnológica, até porque fomos responsáveis pela comercialização de computadores equipados com as primeiras core memories desenvolvidas no Japão, pelo desenvolvimento da primeira caixa de multibanco (ATM) do mundo que permitiu reutilizar notas depositadas como fundos para levantamentos, bem como os nossos desenvolvimentos na área das impressoras LED, sem esquecer que introduzimos no mercado Japonês o primeiro sistema Voice-over-Internet Protocol (VoIP)… enfim, são diversos os momentos que marcam a nossa história de sucesso tecnológico.

P.F. – Como foi a introdução no mercado português?

C.S. – Estamos presentes em Portugal desde 1995, comercializando soluções de impressão profissional. No decorrer destes 20 anos sempre mantivemos a mesma estratégia de negócio, enfocada nos clientes mas sustentada no nosso canal de revenda e distribuição informática nacional. O nosso principal objetivo tem sido, desde sempre, prestar o melhor serviço aos nossos clientes através de produtos inovadores baseados na tecnologia LED de impressão, segmento no qual possuímos uma vasta experiência e do qual somos pioneiros.

P.F. – O que mudou em 30 anos no mercado da impressão?

C.S. –Esta, como outras indústrias tecnológicas, está em constante evolução e posso destacar, entre os principais marcos evolutivos dos últimos 30 anos, a impressão a laser e o mobile printing, muito associado também ao crescimento da cloud, já mais recentemente. A mobilidade mudou tudo. Mudou a nossa maneira de ver e interagir com o mundo à nossa volta, seja em ambientes profissionais seja em ambientes da nossa vida pessoal, hoje ambos muito interligados. Hoje pode levar o seu negócio onde quer que vá, e incluir a sua oferta de produtos e soluções ou serviços ligados na nuvem tornando os negócios dos seus clientes mais eficientes. A OKI proporciona-o diariamente a muitas empresas, PMES, profissionais liberais, e até grandes empresas, oferecendo já equipamentos multifuncionais LED totalmente compatíveis com soluções de gestão documental e aplicações de impressão móvel.

Durante as últimas três décadas a OKI inovou, sempre. E hoje, olhando para trás, vemos toda a evolução de mercado para a qual muito contribuiu a marca nipónica. Exemplos são os nossos lançamentos contínuos, como das OL400 e OL800, as primeiras impressoras de escritório com tecnologia digital LED, e da OKIPage 4w, a impressora mais pequena do mundo, com a área de uma folha de papel A4. Recordo-me também de como estivemos próximos da Internet com o OKIFAX5750/5950, o primeiro fax via Internet em tempo real do Mundo e, claro, da nossa primeira multifunções A4 a cores no mundo, a C5000MFP. Para além disso, e tão recentemente como nos últimos 4 anos tivemos o lançamento das primeiras impressoras LED com toner branco e que imprimem a branco, e a primeira impressora A3 com cinco cores (incluindo branco ou brilho), pelo que são 30 anos onde, se contabilizássemos todos os momentos de inovação, estaríamos durante horas a conversar.

P.F. – O que pensa do mercado da impressão 3D?

C.S. – O mercado 3D é uma novidade tecnológica atual, muito interessante e importante, mas ainda em evolução, ao qual fará falta crescer, amadurecer, ganhar bases. É um segmento muito jovem, que precisa ainda de um ajuste de mercado. De momento a OKI segue com o seu foco, a oferta de soluções vanguardistas para as empresas.

P.F. – Do vosso vasto portfólio de soluções da OKI, quais as que geram maior procura por parte dos clientes?

C.S. – Somos conscientes que deverá ser sempre o cliente quem, a todo o momento, valorize as soluções oferecidas no mercado e as respetivas mais-valias para os seus negócios. Contudo, pela nossa experiência no mercado profissional, posso salientar que soluções como o mobile printing, o outsourcing de impressão e a gestão documental continuam a estar no topo das preferências das empresas. Aliás, o mobile printing é uma solução cada vez mais popular e indispensável para as organizações e os equipamentos OKI são compatíveis com uma vasta gama de aplicações de impressão móvel disponíveis no mercado, como o Google Cloud Print, da Google Inc, o AirPrint, da Apple Inc, o Cortado Workplace e o ePrint, da Microtech Corp. Também é importante referir a crescente procura das organizações por soluções que simplifiquem os seus processos e procedimentos internos, que tem dado protagonismo ao outsourcing de impressão (MPS), que continua a ser a principal escolha das empresas. Esta é uma modalidade que disponibiliza aos profissionais ferramentas e software que lhes permitem controlar custos, gerir a impressão e manuseamento de documentos, que passam a estar acessíveis a partir de qualquer local, e que eliminem preocupações com custos extra, como os que estão associados à logística, consumíveis, serviços técnicos, entre outros. A OKI disponibiliza a solução para todos estes problemas através do programa Smart Managed Document Solutions que permite responder às necessidades e objetivos de todo o tipo de organizações, otimizando o seu fluxo de trabalho ao nível da impressão, da segurança e da gestão de documentos, quer seja no escritório, em plataformas móveis ou na nuvem.

P.F. – Como vê o mercado da impressão num futuro próximo?

C.S. – O mercado da impressão deve encarar a realidade atual como um desafio para o desenvolvimento e aperfeiçoamento de produtos e serviços que ajudem as empresas a ultrapassar obstáculos e a alcançar resultados positivos. E o crescimento de dados e a sua gestão de impressão continuarão nos próximos tempos a ser um desafio para as empresas. É necessário perceber aquilo que as empresas necessitam e o que procuram, de forma a conseguir que as soluções apresentadas sejam as mais adequadas aos problemas existentes. Existe cada vez mais uma tendência para a aquisição de multifuncionais, associada à adoção de serviços de Outsourcing de Impressão. Neste momento, o objetivo das empresas passa por concentrar o investimento num só equipamento e beneficiar da multiplicidade de funcionalidades que esse dispositivo, a par do software associado, coloca à sua disposição. É nesse sentido que vai também a aposta da OKI com a oferta de equipamentos multifuncionais, do programa SMART e da recém-lançada campanha de garantia alargada de 5 anos grátis, única no mercado. Ou seja, é cada vez mais importante oferecer soluções que libertem as empresas das tradicionais preocupações associadas à impressão e que lhes permitam maximizar os seus investimentos. É por isso que na OKI garantimos que os equipamentos e soluções disponibilizados cumprem estas exigências e oferecem as funcionalidades essenciais para que as empresas consigam gerir os seus negócios evitando percalços.

P.F. – A ideia dos “escritórios sem papel” é um conceito que vos assusta? E porquê?

C.S. – Na OKI apostamos precisamente neste novo conceito. Por isso a nossa estratégia SMART Managed Document Solutions foi desenvolvida para oferecer, mundialmente, serviços integrados de Gestão Documental. Este é um processo que concorre, justamente, para o objetivo efetivo de um escritório mais funcional, sustentável e operacional e, portanto, uma melhor logística para controlar os gastos em papel. Senão vejamos, para além da aceleração na pesquisa e localização de documentos-chave no processo de tomada de decisão e satisfação do cliente, a Gestão Documental permite alcançar níveis máximos de produtividade, ao substituir métodos manuais por eletrónicos. Convém termos, também, em mente, a racionalização do ambiente de impressão, que nos permite obter uma avaliação de risco mais exata, uma maior segurança na impressão e a redução da pegada ambiental, o que, no fundo, acaba por demonstrar o compromisso OKI por um ambiente de trabalho verdadeiramente funcional e amigo do ambiente.

P.F. – Num mercado com tanta concorrência, quais os principais elementos diferenciadores da OKI?

C.S. – Poderei enumerar essencialmente dois fatores que nos diferenciam: o primeiro, é a proximidade com os nossos parceiros e distribuidores, através do qual solidificamos a nossa oferta inovadora e que responde permanentemente às necessidades dos nossos clientes. O segundo, é o facto de termos desenvolvido soluções inovadoras sustentadas por produtos inovadores, únicos no mercado. Este é um fator que nos permite estar na vanguarda tecnológica.

P.F. – O que vai merecer mais atenção por parte da OKI nos próximos anos: os produtos ou os serviços?

C.S. – Ambos são elementos e partes essenciais no negócio da impressão profissional. Produtos sem serviços associados não são úteis e serviços sem produtos capazes de responder atempada e eficientemente também não. O segmento profissional será sempre o nosso principal target, como tal, ao longo de 2015 voltaremos a ter inúmeras novidades a nível tecnológico. Dentro do segmento profissional alguns mercados terão a nossa especial atenção como setor gráfico, para o qual temos vindo a oferecer já algumas soluções inovadoras, e no qual seguiremos a inovar; A gestão documental, sustentada precisamente por toda uma panóplia de produtos inovadores, modernos e bastante eficientes, continuará a ser uma grande aposta da marca. A título de exemplo, no início de 2015 lançámos uma campanha especial e por tempo limitado, através da qual oferecemos até 5 Anos de Garantia Grátis em todos os modelos de equipamentos multifuncionais inteligentes das Séries MC700, MB700 e MC800. O objetivo desta campanha é dar aos nossos parceiros mais argumentos de venda e assegurar às empresas maior tranquilidade nos seus negócios, já que ao registarem o produto nos 30 dias posteriores à compra beneficiam de proteção total durante 5 anos (incluindo o fornecimento de fusoras e fitas de transferência), maximizando o retorno sobre o investimento durante a vida útil do equipamento.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário