16296 0

Dimension Data desenvolve os ambientes de trabalho do futuro

O aumento constante nos custos energéticos, nas despesas com imobiliário e de despesas inerentes ao espaço dos escritórios, quando analisado em conjunto com a crescente pressão para a implementação de espaços de trabalho sustentáveis e amigos do ambiente de forma a atrair e reter a próxima geração de colaboradores, está a obrigar as organizações a repensarem os papéis dos seus empregados dentro da organização, a forma como eles colaboram e as suas relações com aplicações e equipamentos. Esta tendência faz parte de uma enorme transição sentida no ambiente de trabalho, que se faz sentir com o objetivo de melhorar a produtividade dos colaboradores.

Num movimento para ajudar as organizações a melhorarem os padrões dos ambientes de trabalho e da cultura empresarial nos dias que correm, e para se manterem à frente das alterações na dinâmica das equipas, reduzindo ainda os custos com energia e imobiliário, a Dimension Data anunciou hoje a sua estratégia para os espaços de trabalho de amanhã.

Nadeem Ahmad, Global Technology Director da Dimension Data explica que “durante o curso de um dia normal, as pessoas completam muitas tarefas diferentes. Algumas requerem elevados níveis de concentração, outras precisam de trabalho colaborativo. Os ambientes de trabalho de amanhã fazem parte de uma estratégia que reúne estes diferentes estilos de trabalho diário e que confere aos colaboradores a liberdade para que possam escolher as diferentes configurações, que melhor servem as tarefas em que estão envolvidos”.

Ahmad afirma que o objetivo passa por disponibilizar ambientes modernos e colaborativos com inovadores espaços de trabalho, assim como a tecnologia necessária para suportar um estilo de trabalho mais flexível. “Os ambientes de trabalho de amanhã fazem com que os colaboradores das empresas se voltem a focar nas atividades em que estão envolvidos para atingirem objetivos e para se tornarem mais produtivos, para beneficiarem de melhor colaboração, mais flexibilidade e abertura. No cerne desta estratégia podemos encontrar um ambiente colaborativo transversal a toda a empresa e elementos de capacitação das equipas”, explica Ahmad, que indica ainda que a mobilidade e a cloud, argumentos que estão na base da estratégia dos ambientes de trabalho de amanhã, estão a criar impacte nos padrões e culturas dos espaços de trabalho dos dias de hoje no que respeita a flexibilidade da gestão de tarefas e de equipas. Por outras palavras, onde e como os colaboradores cumprem as suas funções.

Os equipamentos móveis estão a substituir os PCs. Além disso, assistimos à digitalização de processos de trabalho assim como à proliferação de aplicações móveis – argumentos usados para cumprir tarefas e atividades longe do escritório, ou no edifício, mas longe do posto de trabalho.

No que se refere à cloud, verificamos uma mudança para uma abordagem de computação em torno do utilizador, que se baseia na disponibilidade rápida e segura de serviços aplicacionais e de dados a um terminal, esteja ele onde estiver. Nesse sentido, a localização do serviço torna-se transparente para o utilizador final.

“Como utilizador final, preocupo-me em ter acesso ao serviço ou à minha informação de forma fácil. Não me interessa onde o serviço tem origem, ou onde os meus dados estão guardados quando eu não estou a usá-los. Desde que estejam disponíveis – independentemente do local onde me encontre – trata-se de um novo modelo de consumo de serviços”, sublinha Ahmad.

Os ambientes de trabalho de amanhã focam-se em disponibilizar melhoramentos para pessoas, meio ambiente e tecnologia no espaço de trabalho. Oferecem aos colaboradores a escolha de onde e como trabalhar ao investirem em espaços de escritórios modernos e colaborativos e em tecnologia que lhes permite desempenharem as suas funções sentados á sua secretária, em qualquer lado dentro da empresa, ou mesmo remotamente.

A Dimension Data disponibiliza orientação e liderança seguindo uma abordagem holística concebida em torno dos espaços físicos, da cultura e das pessoas, tecnologias e processos de negócio. Estabelecemos parcerias com empresas de design de escritórios ou com imobiliárias, contando com parceiros de renome nas áreas de arquitetura e design de interiores. Lideramos na mobilidade, mas sabemos que a realidade não se resume a smartphones e tablets.

A pedra basilar dos ambientes de trabalho de amanhã é a plataforma de End-user Computing (EUC) da Dimension Data, que potencia a implementação rápida de projetos de clientes, uma vez que ajuda a lidar com as diferentes variáveis aquando da implementação da solução. Juntamente com a plataforma EUC, a Dimension Data garante o acesso a outras soluções de rede, segurança e de comunicações de que os clientes necessitam para as suas implementações de forma a criarem uma arquitetura de solução global.

“Na verdade, trata-se de dar aos utilizadores o papel principal e de permitir o acesso a aplicações e a dados a partir de qualquer equipamento e em qualquer local. Por sua vez, esta realidade vai garantir uma melhor utilização do ambiente de trabalho, baixar os custos imobiliários e reduzir ainda os custos com energia”, conclui Ahmad.


Bruno Fonseca

Bruno Fonseca

Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Notícias Relacionadas

Ericsson cria laboratório em cloud e reforça aposta na inovação

A Ericsson acaba de apresentar um novo laboratório de cloud em Itália, que permite uma mais rápida inovação e co-criação com os operadores de telecomunicações líderes de mercado.

Meru Networks apresenta o seu novo Programa de Parceiros

A Meru Networks anunciou um novo programa de canal destinado a reforçar a iniciativa da empresa em identificar, desenvolver, promover e premiar os seus melhores parceiros. A crescente

Schneider Electric fornece Centros de Dados pré-fabricados à Baidu

A Schneider Electric ganhou o concurso da gigante chinesa Baidu para a construção do Centro de Dados contentorizado e pré-fabricado M1, com as soluções de Centros de Dados

Fujitsu Renova Notebooks e Desktops para as Empresas

A Fujitsu demonstra hoje que as coisas boas vêm em embalagens pequenas, com a apresentação dos novos modelos do seu portfólio empresarial móvel e desktop. Com um design

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *