27742 0

CustoJusto.pt prepara novo portal “com a ajuda” dos utilizadores

CustoJusto.pt lançou uma nova versão do seu site, que se encontra disponível em versão beta a partir de hoje. Esta nova versão pretende oferecer um site mais moderno e funcional, mantendo a simplicidade e facilidade de utilização que o caracteriza. O novo site vai permitir os mesmos serviços e experiência de utilização a partir de qualquer dispositivo (computador, tablet ou telemóvel).

A versão beta, que está disponível no endereço http://beta.custojusto.pt, para ser testada pelos utilizadores, tem como principal novidade o facto de ser um site responsivo, adaptando o conteúdo ao dispositivo utilizado pelo visitante.

O objetivo do CustoJusto.pt com o lançamento de uma versão beta é o de recolher inputs junto dos utilizadores, permitindo o afinar da versão final no novo portal, para que esta seja o mais aproximado às necessidades de vendedores e compradores.

 


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

OpenText apresenta OpenText Business Center para Soluções SAP

A OpenText acaba de lançar o OpenText Business Center para Soluções SAP. Ao fornecer aos clientes uma nova plataforma para digitalizar a captura, aprovação e processamento de documentos

Enterasys apresenta a primeira solução SDN do mercado para redes WIFI

A Enterasys anunciou o lançamento do IdentiFI Adapt, a primeira solução SDN do mercado para redes wireless. Com este lançamento, a Enterasys integra capacidades SDN em toda a

Facebook com mais de 25 Milhões de Páginas ativas de PMEs

Ontem na conferência anual da força de vendas do Facebook, a “Dreamforce Salesforce”, o Diretor Global para Pequenas e Médias Empresas (PME’s), Dan Levy, anunciou que o Facebook

Estudo Ricoh: Colisão ou colaboração com a entrada da Geração Z no mercado de trabalho?

De acordo com um recente estudo patrocinado pela Ricoh, mais de metade dos colaboradores (52%) afirmam que as respetivas entidades empregadoras não conseguem ir ao encontro das necessidades

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *