91956 0

À conversa com João Castro, COO da Cleverhouse

Ao longo destes anos temos tratado diversos temas na Leak Business relacionados com o mundo dos negócios. Hoje vamos falar-vos de um assunto menos provável, água com gás, mas que ganha de imediato toda a relevância se vos dissermos que estamos a falar da Sodastream, a empresa que tem vindo a revolucionar, um pouco por todo o mundo, a forma de se beber água. A Leak Business esteve à conversa com João Castro, COO da Cleverhouse, distribuidor exclusivo da Sodastream em Portugal. Numa conversa informal falou-nos das questões ambientais ligadas à utilização das garrafas de plástico, dos benefícios da água com gás e da presença da SodaStream no mundo.

Patrícia Fonseca – A Sodastream tem sido uma forte ativista contra a utilização das garrafas de plástico que estão lentamente a matar o planeta. De que modo pode a Sodastream contribuir para mudar este paradigma?

João Castro – A SodaStream tem sido uma forte ativista contra a utilização de garrafas de plástico de utilização única. Essas são as garrafas, e já agora as latas, que estão a destruir o nosso planeta. Acreditamos que através de um uso mais inteligente do plástico podemos reduzir consideravelmente o plástico que termina nas lixeiras e no mar. Para quê pagar por água que vem dentro de uma garrafa, que é mais cara, polui mais a ser engarrafada, e deixa um resíduo que demora 450 anos a ser eliminado? Com a nossa água da torneira, bebemos agua mais barata, sem resíduos e com a SodaStream podemos fazê-la com gás e com sabores tendo toda a oferta de bebidas refrescantes coberta sem complicações. Além de que a garrafa SodaStream é reutilizável, dura 3 anos e podemos levá-la para todo o lado.

P.F. – Quão grave é este problema?

J.C. – Todo o plástico produzido no mundo desde sempre ainda está no ambiente. Uma garrafa de plástico demora 450 anos a decompor-se totalmente e a este ritmo, em 2050, haverá mais plástico no mar do que peixes. E mesmo assim só a Coca-Cola é responsável por mais de mil milhões de garrafas de plástico por ano.

P.F. – Não temem fazer inimigos na área da indústria engarrafada?

J.C. – Nós estamos a fazer a coisa certa! Não podemos ter medo de fazer inimigos se estivermos a fazer a coisa certa.

P.F. – A Sodastream aposta na máxima do juntar gás à água normal para a tornar mais fácil de beber e até mais saborosa graças aos sabores que disponibiliza. Quais os benefícios de criarmos as nossas próprias bebidas em casa?

J.C. – Muitos, a começar pela economia de fazermos as nossas bebidas em casa de uma forma fácil, simples e rápida. Utilizando a água da torneira fazemos as bebidas mais económicas, sem desperdício, sem carregar as pesadas latas e garrafas, de uma forma muito mais saudável com menos ou nenhum açúcar, fazendo as bebidas que queremos quando queremos e como queremos.

P.F. – Considerando a presença da Sodastream a nível mundial, existem países mais adeptos de água gaseificada? Como é em Portugal?

J.C. – Há países no mundo onde se consome muita água com gás. A Alemanha, a Áustria e a Suíça estão na frente desse consumo. Mas curioso é que o consumo de água com gás feita na SodaStream em todo o mundo é tal que nos permite dizer que somos a marca N.1 do mundo em água com gás. E também a mais barata. Em Portugal o consumo de água com gás tem vindo a crescer já representando mais de 1/4 do total da água engarrafada vendida no nosso país.

P.F. – Podemos contar com novidades nos próximos meses ao nível de sabores e novas máquinas?

J.C. – Costuma-se dizer que o segredo é a alma do negócio, mas uma empresa com mais de 100 anos não se manteria como se mantém hoje se não inovasse e fosse diferente, por isso estejam atentos! Aproximam-se novidades!


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Entrevista: Sérgio Viana, Associate Partner/ Microsoft Solutions Lead, Xpand IT

Foi no início deste mês que a Xpand IT conquistou a distinção de Gold Partner por parte da Microsoft Corporation. Para alcançar tal reconhecimento, esta empresa especializada nas

Entrevista: Francisco Costa, partner da Odisseias

A Odisseias nasceu com o objectivo de dar aos portugueses viagens diferentes, programas alternativos a que poucas pessoas tivessem acesso. Um sonho que começou em 2005, cresceu, expandiu-se

Jorge Paulino, Portugal a Programar

No sábado realizou-se o primeiro evento presencial da maior comunidade nacional de programação, o Portugal a Programar, que conta com mais de 27 500 membros activos. O Programar

Entrevista: Daniel Faulkner Senior Vice President & General Manager da Nuance Communications

Apesar do que a imagem inicial possa transmitir, não foi de facto um robot que entrevistámos na Leak Business, mas sim Daniel Faulkner, o vice-presidente sénior da Nuance que tem

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *