Comprar nas redes sociais é tendência em Portugal

13904
0
Share:

Quase metade dos portugueses (41%) afirmam que pretendem comprar, cada vez mais, nas redes sociais. 18% assumem fazê-lo atualmente e com regularidade. Uma tendência generalizada em todos os países da Europa analisados pelo Observador Cetelem. Portugal destaca-se na análise por ser o país com intenções muito superiores à média europeia (29%). Já os franceses surgem como os menos adeptos desta nova hipótese de consumo.

Esta mesma análise do Observador Cetelem verificou que mais de metade dos europeus (78%) já fazem compras através da Internet, sendo que em Portugal esta percentagem situa-se nos 72%. Com estes dados mais específicos sobre as compras através das redes sociais, conclui que os europeus não vão assistir a um abrandamen­to no consumo neste tipo de plataforma e que as redes sociais podem tornar-se nas grandes superfícies comerciais do futuro.

«O consumo 2.0 tem de ser mais inteligen­te e mais moderno. Mais inteligente no sentido em que os consumidores são melhor aconselha­dos; escolhem melhor os sites onde fazem as suas compras, sem a restrição da distância entre o supermercado e a casa. Mais moderno porque a época é da Internet e os consumi­dores adaptam-se a esta realidade» afirma Diogo Lopes Pereira, diretor de marketing do Cetelem em Portugal.


Share:
Patricia Fonseca

Deixe o seu comentário